CRYPTO

CRYPTO

MorumBitso é o camarote da empresa de criptomoedas no Morumbi

MorumBitso é o camarote da empresa de criptomoedas no Morumbi

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


27 de Maio de 2022

A Bitso, uma plataforma de criptomoedas, resolveu aceitar o apelido “MorumBitso”, dado pela torcida tricolor em janeiro deste ano, época em que a marca revelou um acordo de patrocínio com o clube paulista por um período de três anos.

O acordo também abrange a propriedade das mangas da camisa.

Leia também: Meta trata de diversidade e inovação em evento no Ibirapuera

O apelido ‘MorumBitso’ pode ser visto já na entrada do camarote da Bitso no Morumbi. Com capacidade para 40 pessoas, o camarote da empresa recebeu alguns convidados no jogo desta quarta-feira (25), contra o Ayacucho, pela última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana.

Mas, embora o nome esteja estampado na parede, a Bitso informou que, de início, não existe nenhuma negociação em andamento relacionada aos naming rights do estádio.

Com o patrocínio, São Paulo e Bitso vêm trabalhando em parceria para dar mais liberdade e inclusão financeira aos seus torcedores, ao permitir a compra de bilhetes a partir de criptomoedas.

A nova opção de pagamento está disponível para todas as partidas em que o São Paulo for mandante, não importa se for no Morumbi ou em outro estádio.

Por enquanto, a opção é exclusiva aos sócios-torcedores cadastrados e que já tenham recebido a carteirinha de membro do programa. Espera-se que, em pouco tempo, o acesso seja estendido aos outros torcedores.

Fábio Gloeden Brum, o primeiro torcedor do Brasil a comprar o ingresso com cripto escolheu o bitcoin como forma de pagamento. Em comemoração ao momento histórico, ele recebeu um NFT de presente da Bitso e do SPFC, representando o primeiro ingresso do Brasil a ser comprado com bitcoin.

"Fiquei muito feliz quando soube que tinha sido o primeiro torcedor do Brasil a comprar ingresso com bitcoin e ter meu nome marcado na história do SPFC e do futebol brasileiro. É uma honra poder participar de um momento histórico ao lado do meu time de coração, e agradeço imensamente à Bitso por proporcionar isso com a maior segurança e facilidade. Eu já tinha interesse em investir em criptomoedas e agora saber que posso não só obter rendimentos, mas usar essa facilidade no meu dia a dia para transações e pagamentos, me deixa ainda mais empolgado para mergulhar a fundo no universo cripto", disse Fabio.

“Abrir aos torcedores do São Paulo a possibilidade de comprar ingressos para as partidas do seu time do coração com criptomoedas era um dos nossos objetivos principais desde o início da parceria com o clube”, afirmou Antônio Mota, Diretor de Marketing da Bitso no Brasil

“Poder disponibilizar esse serviço pela primeira vez no Brasil representa um passo importante na missão da Bitso de tornar as criptomoedas mais acessíveis e úteis no cotidiano das pessoas, promovendo mais liberdade e inclusão financeira aos brasileiros”, acrescentou ele.

A Bitso ainda é parceira do São Paulo na custódia e liquidação das receitas de vendas obtidas com criptoativos, contribuindo com segurança, liquidez e baixo custo para a gestão financeira do clube.

Segundo Eduardo Toni, diretor executivo de marketing do São Paulo, oferecer mais opções ao torcedor é um passo importante para tornar o Morumbi um estádio mais moderno e as criptomoedas mais acessíveis para todos.

"Estamos animados em lançar essa iniciativa pioneira e oferecer uma experiência inovadora aos são-paulinos. Estar ao lado da Bitso e ser o primeiro clube do Brasil a levar mais modernização, liberdade e acessibilidade aos torcedores, através das criptomoedas, nos enche de orgulho e alegria. O São Paulo sempre teve a inovação em seu DNA", declarou.

Para fazer a compra do ingresso com criptomoedas, o sócio torcedor precisa seguir o procedimento comum de compras pelo site da Total Acesso, fazer o registro como membro ST e escolher a opção de pagamento com criptomoedas.

Para uma experiência mais rápida e segura é recomendado utilizar a plataforma da Bitso. Caso ainda não seja cliente, o cadastro pode ser feito de maneira simples no site.

Tags: futebol blockchain esportes criptomoedas bitcoin nfts spfc sao-paulo-futebol-clube