varejo

Aumenta o número de compradores que preferem o e-commerce


29 de Julho de 2021

O relatório “O Futuro dos Métodos de Pagamento” da UniversalPay, que analisou a adaptação das empresas às demandas dos consumidores e a ascensão do comércio eletrônico provocada pelo novo contexto social revela que 30% das empresas já possuem um comércio eletrônico plataforma de venda on-line e, dessas, quase 11% contratou durante a pandemia.

Como mostra o estudo, com os novos hábitos de compra, muitas lojas tradicionais tiveram que acelerar seu processo de digitalização e facilitar as compras on-line. 

De fato, 56,6% da rede comercial afirma ter aumentado as vendas de seu comércio eletrônico e 41% dos negócios com lojas físicas e virtuais afirmam que o faturamento de seu comércio eletrônico superou o de seu estabelecimento físico.

Além de implementar o comércio eletrônico, muitas plataformas de vendas virtuais viram a necessidade de desenvolver e otimizar seus métodos de pagamento para melhorar a experiência de compra do cliente. 

Prova disso é que a contratação de gateways de pagamento disparou 30% entre o comércio eletrônico espanhol, o triplo do aumento que vinha experimentando nos últimos anos.

Conforme salienta Arístides Santana, diretor-comercial da UniversalPay, “O desenvolvimento e otimização dos meios de pagamento nas lojas reduz os tempos de gestão.”, para além de “Permitir a integração de múltiplas operações de pagamento."

Santana garante que 2020 marcou um antes e um depois neste sentido, uma vez que “Vender durante a pandemia tem sido a plataforma de saída de muitos negócios, o que acelerou o processo de mudança que esta indústria vivia há anos.”

Nesse sentido, o relatório reflete a integração dos sistemas de pagamento em aplicativos e redes sociais, a popularização dos códigos QR, bem como a proliferação de sistemas como links de pagamento, que têm permitido muitos estabelecimentos que nem possuíam site vender on-line por intermédio das redes sociais e até WhatsApp.

Novos métodos de pagamento

Neste contexto, o desenvolvimento de novos meios de pagamento e a sua aceitação é um dos desafios atuais das empresas para garantir as vendas multicanais, qualidade fundamental para o crescimento do negócio. 

De fato, de acordo com “O Futuro dos Métodos de Pagamento”, quase quatro em cada 10 empresas aumentaram o orçamento para implementação de novos métodos de pagamento e 62% das empresas acreditam que oferecer mais opções de pagamento gera maior fidelização dos clientes.

Nesse sentido, mais de oito em cada dez empresas aceitam transações sem contato, método que cresceu quase 60% no último ano. 

Da mesma forma, sete em cada dez empresas afirmam ter notado um aumento nos pagamentos com cartão desde o início da crise da saúde, mesmo percentual que afirma ser mais seguro priorizar o pagamento com cartão em relação ao pagamento à vista em um estabelecimento.

Em termos gerais, o recebimento de pagamentos em lojas representa 30% das transações com cartão, percentual semelhante ao dinheiro, que gira em torno de 29,5%. 

14,5% dos pagamentos que eles recebem vêm de transações on-line por meio de dispositivos móveis e 11% vêm de pagamentos on-line por meio de sites. 

O restante chega até eles por meio de cheques e pagamentos em mesa telefônica. Com esses dados, oito em cada dez empresas pesquisadas consideram inevitável se tornar uma sociedade sem dinheiro.

 

Foto: Reprodução.

Tags: artigo | varejo | e-commerce | silvio-pirolli