GERAL

O conteúdo no centro das estratégias de marketing


10 de Agosto de 2021

A redação publicitária sempre foi um fator decisivo no planejamento de marketing das empresas. Responsáveis por conduzir a construção e o conceito de campanhas, anúncios e slogans, os redatores possuem a incumbência de trabalhar a linguagem como uma ferramenta para atrair consumidores e equilibrar o contexto de uma ação mercadológica com os valores e objetivos de uma marca.

Dito isso, o interessante é perceber que, diante do crescimento de tendências como o inbound marketing, por exemplo, o conteúdo assumiu um papel ainda mais tático no âmbito das estratégias de posicionamento de uma marca, e, hoje, é um campo de atuação que envolve não só os especialistas em redação publicitária, mas também jornalistas, agências de assessoria de imprensa, e, de modo direto ou indireto, até mesmo os times comerciais, de atendimento e pós-venda.

Em outras palavras: A forma como nos comunicamos com leads, clientes e com o próprio mercado passou a ser alvo da dedicação de todo um ecossistema de profissionais que, visando colocar o cliente no centro das atenções de um negócio, tem no conteúdo um instrumento para a geração de relevância e fidelização. 

A jornada de transformação marketing

Já em 2019, um estudo com mais de 1.300 empresas do país apontou que 94% dos entrevistados adotaram o marketing digital como estratégia de crescimento para os seus negócios. 

Dados como esse refletem uma mudança no eixo de posicionamento mercadológico das organizações: Se antes as estratégias de outbound (anúncios, inserções de comerciais televisivas e radiofônicas, outdoors, banners, entre outros) residiam no core das ações de marketing nas companhias, atualmente, o inbound marketing – centrado sobretudo nos canais digitais – é a bola da vez dentro da busca pelo crescimento e pela atração de um público-alvo.

A grande diferença entre inbound e outbound é a perspectiva das ações. Enquanto no outbound, temos uma relação de consumidores mais passivos, que recebem a comunicação de uma marca de modo não espontâneo por meio, via de regra, de um anúncio (ou seja, a marca vai atrás do cliente); no inbound marketing, trabalha-se o conceito de marketing de atração no qual o cliente vai até você por meio de um conteúdo que lhe chamou a atenção.

Daí a importância e centralidade do conteúdo em tais estratégias. Não por acaso, marketing de conteúdo é um dos termos utilizados para categorizar o universo do inbound.

Vale citar ainda que essa jornada de mudança de eixo nas estratégias de marketing das empresas também foi possível pelo fator democratização, que é intrínseco as ações de posicionamento digital das companhias.

Para termos uma ideia deste cenário, o próprio custo de uma campanha de inbound chega a ser 62% menor do que o de uma ação tradicional de outbound, podendo gerar até 3x mais leads

Isso não significa dizer, claro, que o marketing tradicional está obsoleto, mas sim que, atualmente, ele precisa ser utilizado de modo mais planejado e complementar às estratégias de marketing de conteúdo.

Conteúdo, marketing e imprensa

Dentro de todo este contexto, conforme reforcei acima, há toda uma rede de especialistas atuando em prol do desenho do marketing digital de uma empresa.

Em um cenário ideal temos, por exemplo, redatores publicitários e diretores de marketing coordenando toda a visão estratégica de um planejamento de longo prazo; temos jornalistas trabalhando técnicas de pesquisa para a construção de conteúdo relevante nos canais de uma empresa e profissionais de venda, pós-venda e atendimento alinhados com o discurso de uma marca em suas rotinas.

Ademais, neste cenário, há também o trabalho de assessorias de imprensa para posicionar – sempre de modo espontâneo – as notícias de interesse público sobre um negócio capazes de complementar o esforço de posicionamento de mercado de uma companhia e trazer seus dados estratégicos, pesquisas, ações e valores para a sociedade e consumidores em grandes veículos da mídia, de modo que se construa, com amplitude, credibilidade para todo o discurso de uma marca.   

A busca pela relevância

No fim, todo este esforço se traduz na busca pela relevância. Uma busca que tem como pilares o conteúdo, toda uma gama de profissionais e um trabalho estratégico que se desenvolve de modo contínuo, visando a geração de resultados com transparência, e, em última instância, a difusão da mensagem de uma empresa e de sua verdade.  

 

Imagem: Reprodução.

Tags: artigo | juliana-garcia | comunicacao | Marketing