DIGITAL

É chegada a hora da transformação digital


9 de Junho de 2021

Com a chegada de um ano de disrupção imprevista, o cenário do marketing digital foi alterado para sempre. Explodindo de oportunidades, é, acima de tudo, marcado pelas complexidades amplificadas, que serão mais bem atravessadas por aqueles que já conhecem o terreno. 

Antes da pandemia, a emergência de novas tecnologias de marketing e plataformas foi gerando ativamente um ecossistema de mídia inteiramente novo.

Em 2020, anos de mudanças se compactaram em meses de operações para o voo de marcas, que precisavam alcançar e interagir com seus clientes de formas completamente diferentes. 

Ações rápidas e respostas não seriam apenas necessárias, mas um imperativo para mudar o jogo entre os negócios que lutavam para sobreviver. Assim que a poeira abaixou, marcas tiveram a oportunidade de refletir, resetar e reimaginar a transformação na Era digital.

Para os CMOs, isso significa uma nova miríade de requisitos, com um papel ainda mais crítico em criar e gerenciar estratégias de crescimento sustentáveis. 

De acordo com a Gartner 2020 CMO Spend Survey, mais de 44% dos CMOs reportaram cortes no orçamento na metade do ano como resultado da pandemia; contudo, 68% esperam aumentar seus investimentos em tecnologia para marketing nos próximos 12 meses.

Entre os gastos, 74% planejam focar em publicidade digital e 68% em pesquisa paga. Claramente, a oportunidade para a disseminação da transformação digital está aqui. 

Como então poderão os CMOs construir sobre a oportunidade inata que o marketing digital oferece para reforçar conexões que permeiam times, canais e unidades de negócios?

Previsões do eMarketer indicam que o total de gastos em publicidade para mídia deve ultrapassar bem o valor de 600 bilhões de dólares em 2021, evidenciando o papel crítico da efetividade da mídia para os profissionais de marketing. 

Os negócios precisam ser capazes de atravessar um cenário digital saturado para promover comunicação relevante e integrada entre todos os pontos de contato.

Marcas precisam procurar parcerias com agências que possam ajudá-las a navegar e encontrar novos desafios no entorno, levando-as ao crescimento e sustentabilidade. 

Nativos digitais que incorporem uma cultura de agilidade estarão bem posicionados para ajudá-las a abranger a transformação digital como a próxima evolução dos negócios em escala global. 

Cada passo no processo de maturação digital deve abrir novas possibilidades: A automação libera recursos para novas atividades; a otimização destrava o orçamento para novas iniciativas; a visão informa o próximo movimento. 

Cada descoberta deve liderar a nova direção no marketing digital, substituindo táticas reacionárias pela precisão planejada. Ao reconhecer a expansão da transformação digital sem limites como uma oportunidade no horizonte, os CMOs deverão incorporar recursos avançados para o planejamento de 2021. 

Encontrar uma agência parceira que possa prover expertise e estrutura para utilizar tais recursos da melhor maneira, construindo um ecossistema de marketing conectado, será a chave para o crescimento digital de sucesso.  

Foto: Reprodução.

Tags: artigo | transformacao-digital | sharon-harris