NFT

NFT

Novo canal do Promoview mostra o potencial dos tokens não-fungíveis

Novo canal do Promoview mostra o potencial dos tokens não-fungíveis


31 de Outubro de 2021

A partir de novembro, o leitor do Promoview encontrará atualizações diárias sobre NFTs, um assunto que tem chamado bastante atenção nos últimos meses.

Neste primeiro post, vamos explicar a vocês, nossos leitores, o que são NFTs e como eles funcionam, além de alguns dos itens que podem ser transformados em tokens.

NFT é a sigla para o termo em inglês non-fungible token (token não-fungível), que são representações digitais de bens como dinheiro, propriedades, obras de arte, música e muitos outros que são registrados na blockchain.

Um bem fungível é qualquer ativo que pode ser substituído por outro da mesma espécie, qualidade e quantidade. Foto: Getty Images

A blockchain é um imenso banco de dados compartilhado, onde são registradas as transações dos usuários, surgido com a criação do Bitcoin em 2008.

Mas o que é um token? 

Tokens são a própria representação digital do bem/ativo, que atestam a propriedade ou parte da propriedade de um ativo.

Para citar um exemplo, uma nota de 200 reais é um bem/ativo fungível, pois pode ser trocada por duas notas de 100.

Assim, os NFTs são representações de um item único, que pode ser digital, como uma arte desenhada no computador ou com softwares gráficos, ou físico, como um quadro, uma peça de roupa de um artista famoso e assim por diante.

Da mesma forma, outros itens como músicas, memes, personagens, momentos famosos do esporte, cenas inéditas de filmes e até mesmo memes, podem ser convertidos em tokens não-fungíveis.

Os NFTs funcionam como um certificado digital de propriedade que pode ser visto e ter a autenticidade confirmada por qualquer indivíduo.

Esse comprovante de veracidade é como se fosse um código de computador, mas que não pode ser copiado, uma vez que ele permanece registrado na blockchain através de um smart contract.

Os contratos inteligentes são programas salvos na rede descentralizada da blockchain e que são executados de acordo com regras predefinidas, sem haver a necessidade de um intermediador financeiro ou outra instituição para realizar o controle.

Resumindo, tudo o que é registrado na blockchain através dos smart contracts pode ser verificado por qualquer usuário, graças aos algoritmos que definem o que é possível ou não fazer no sistema.

A rede do Ethereum é a mais comum na produção dos NFTs. Para funcionar nela, os tokens precisam seguir uma série de regras de programação conhecida como ERC-721. Mas outras  blockchains, como a Binance Smart Chain, a EOS, a Solana e a Tezos também dão a opção de criar NFTs. 

Tags: blockchain tokens-nao-fungiveis onde-comprar-nft-no-brasil nft-onde-comprar