Geral

Em que mundo você vive?


13 de Novembro de 2020 13:02

Ainda que você ache que o tema é meio piegas, pense a respeito. Pense quanto ele é importante na vida profissional, na vida pessoal, quanto ele é importante na administração das suas emoções.

Muito se tem falado da motivação, ou melhor, da importância da motivação. Aí pergunto quais as organizações que não gostariam de ter em seus quadros pessoas motivadas e felizes?

Refletindo sobre o assunto, pergunto em qual contexto a motivação é realmente representativa?

Acho que a resposta é simples, em todos os contextos.

Hoje, mais do que nunca, a motivação não é somente um estado de espírito, alguma coisa que vai e volta ao sabor do tempo e das circunstâncias. Motivação é ferramenta administrável que por meio de mecanismos transforma atitudes e comportamentos.

Parece simples, mas cada vez mais a motivação é responsável por condutas comportamentais, ela está dentro de nós, nasce da satisfação das nossas necessidades interiores, principalmente, quando desenvolvemos uma atividade pelo prazer que ela mesma proporciona.

As mesmas condutas que acionam os chamados mecanismos de prazer de derrota, de conquista, de raiva, de emoção, de criar, de reconhecer de otimismo.

Aquela motivação que nos transforma em vilões ou vitimas. Podemos imaginar que o sucesso de um negócio é consequência direta da motivação empregada no seu desenvolvimento, ou, da mesma motivação de quem avalia ou recebe o nosso trabalho.

O impacto da motivação na vida corporativa não pode ser negligenciado.

O mundo está passando por profundas mudanças, sociais, políticas, culturais, mudanças na comunicação na informação, envolvendo na grande maioria comportamentos, quase sempre associados a modelos mentais, sentidos, pessoas sentimentos, tudo associado à motivação.

Dentro do nosso contexto de trabalho a motivação faz parte do nosso DNA, ela é a base da nossa cultura organizacional, tão vital para o sucesso e relação como os nossos clientes.

Motivação, não mais um estado de espírito, a motivação é ferramenta, é processo, é um canal lúdico de transformação, de pessoas, conhecimento, habilidades, atitudes.

Tags: artigo | marketing de incentivo | Edmundo Monteiro