Esta página pode utilizar cookies.

Pioneira no segmento de franquias de bebidas no Brasil, a AmBev lança, por meio de sua marca Brahma, o projeto piloto “Nosso Bar +”, da rede Nosso Bar. A proposta da iniciativa é tornar o ambiente do bar mais dinâmico e completo, melhorando assim a satisfação do franqueado e clientes.  

Dois pilares integrarão o novo posicionamento: cultura e gastronomia. O projeto contará com a curadoria cultural de Emicida, artística de Alessandro Buzo e Rodrigo Oliveira, chef e dono do restaurante Mocotó, no pilar gastronomia.

Fotos: Divulgação.

O pilar cultura tem como principal objetivo transformar o Nosso Bar em um ponto de acesso à informação para a comunidade onde está inserido. Para incentivar os talentos regionais, os bares vão ganhar um 'Kit Palco' (pedestal, microfone, caixa de som, dois pontos de iluminação, extensão e tapete vermelho) e um espaço que estimula a leitura no local, com livros e materiais didáticos.

“Brahma é uma marca que se orgulha de estar sempre ao lado de seu consumidor. Por isso, investe em projetos que além de contar histórias, contribua para que elas aconteçam de verdade. Se o bar é o lugar onde as pessoas se reúnem, nascem sonhos e celebram as conquistas queremos colaborar com a melhoria dos estabelecimentos de todo o Brasil para que essas reuniões e encontros nunca acabem.”, comenta Marcelo Tucci, diretor de Marketing da marca.

Emicida mapeará as regiões de São Paulo de acordo com a força cultural de cada localidade, analisará manifestações de música, teatro e literatura para identificar possíveis tendências locais. Participará da seleção de artistas para as apresentações – pensando em possíveis conexões de linguagens artísticas.

Além disso, preparará a agenda cultural de apresentação dos artistas para todo o período da ação. “É muito legal você ter uma experiência em que é possível conectar as pessoas com a arte que é feita em seu próprio bairro. Acho que isso resume o que é o Nosso Bar.”, afirma Emicida, curador do pilar cultura do Nosso Bar +.

Alessandro Buzo, identificará pessoas em cada região para divulgar o projeto. Esses selecionados serão conhecidos como agitadores culturais. Buzo oferecerá treinamento aos agitadores para que possam disseminar o projeto na comunidade da melhor maneira, o trabalho desse grupo será coordenado pelo curador. Além disso, auxiliará no mapeamento de artistas locais.

Alessandro Buzo em ação no projeto Nosso Bar.

O Nosso Bar permite ao investidor escolher o nome do estabelecimento e desenvolver um cardápio de pratos e petiscos que atendam às necessidades do público local. O pilar gastronomia visa justamente fazer dos bares referências gastronômicas nas regiões em que se encontram. Com esse objetivo, Rodrigo Oliveira oferecerá aos franqueados um treinamento em seu restaurante Mocotó.

Além da capacitação, eles receberão selo de reconhecimento e kit cozinha.

Com base nas pesquisas sobre o perfil de cada comunidade, o chef de cozinha também elaborará um guia de receitas Nosso Bar com seis pratos. “Participar do Nosso Bar + é a possibilidade de passar adiante nossos princípios, nossa visão de negócio, enfim, de poder compartilhar o que aprendemos com colegas é mais do que um motivo, é uma alegria e uma responsabilidade.”, comenta o curador. 

Nessa primeira fase, o “Nosso Bar +” será lançado por meio da marca Brahma em 15 estabelecimentos de São Paulo. A nova versão contará com Wi-Fi, computadores sistematizados e impressoras para emissão de notas fiscais. “O projeto reafirma a posição da franquia em ser um centro de interação social e cultural da comunidade.”, afirma Guilherme de Machado, gerente de franquias AmBev.

O modelo Nosso Bar continua em ampla expansão e hoje está presente nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, além do Sul de Minas Gerais e Norte de Santa Catarina.