Esta página pode utilizar cookies.

Com suas linhas marcantes e monumentos brancos, de formas majestosas, Brasília é o cenário perfeito para receber as projeções que agitarão a cidade entre os dias 24 e 25 de agosto.

A competição “VJ Torna Brasil 2018” traz à Capital importantes artistas do cenário mundial para um desafio; projetar obras no Panteão da República durante apresentações de DJs e uma banda local (surpresa). Além dos duelos de mapping, estão previstos workshops e palestras gratuitas para os admiradores e interessados na arte da projeção.

A competição, realizada por meio do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal, é certificada pelo coletivo artístico “United VJs”, que integra criativamente as artes digitais, empregando o mapeamento de projeção de vídeo, arquitetura, ilusões de ótica, projeção Fulldome (planetários digitais), programação de software, som e videoarte.

A equipe internacional é originária de São Paulo, representada pelo VJ Spetto e o português VJ Pedro Zaz, além da parceria com artistas de toda América do Sul, EUA, Europa e com atuação em vários países do mundo.

O idealizador desta edição, Bruno Caramori, mais conhecido como VJ Boca, afirma “O VJ Torna tem por objetivo mostrar os trabalhos de reconhecidos nomes de diversos países e de vários locais do Brasil, além de promover um novo olhar sobre a paisagem urbana, levando arte visual para espaços incomuns, reforçando o segmento de mercado que vem crescendo e é uma fonte geradora de emprego e renda, bem como estimular o turismo artístico e de eventos, uma das vocações de nossa cidade.”

“Importantes eventos têm marcado o calendário do País, e, cada vez mais, é crescente a demanda por profissionais qualificados. Aqui em Brasília, temos vários artistas que atuam nas mais variadas esferas. Temos inclusive despertado o interesse de outros segmentos para o mapping, como a política e causas sociais.”, revela o artista.

O desenvolvimento tecnológico ampliou formidavelmente as possibilidades de criação nas Arte Visuais: a computação gráfica possibilitou o ambiente digital, que por sua vez teve como consequência a recente linguagem conhecida como Arte Tecnologia. É dentro desse movimento - amparado nas bases da ocupação urbana pelo desenvolvimento tecnológico que se consolida o VJ Torna Brasil 2018, que tem a Projeção Mapeada como elemento artístico.

A valorização dos artistas no País tem crescido. Durante a abertura dos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, a maioria dos cenários foi realizada com Vídeo Mapping. Os avanços da tecnologia possibilitaram ainda um acesso maior destes profissionais ao mercado.

“Hoje, já temos uma maior atuação em diversas experiências, como por exemplo, as projeções de protesto na cúpula do Congresso, a própria abertura das Olimpíadas Rio 2016, projeções em prédios públicos para comemoração de datas comemorativa, campanhas educativas, dentre outras”, finaliza VJBoca.

O Evento

O VJ Torna Brasil 2018, marca concebida pelo artista Húngaro Laszlo Laki, já passou por diversos países em cidades como Minsk, Budapeste, Roma, Eindhover, Cidade do Cabo, São Paulo, Cidade do México e, agora, na edição 2018, chega à Capital do País. Os participantes terão a chance de explorar toda a estrutura de um dos monumentos mais emblemáticos da Praça dos Três Poderes.

A competição acontece entre os dias 24 e 25 de agosto, no Panteão da Pátria. Localizado na Praça dos Três Poderes, o memorial criado por Oscar Niemeyer, apresenta arquitetura modernista simbolizando uma pomba e revestido em mármore branco, homenageando os heróis nacionais.

Além da exposição para um grande público, os participantes duelam por prêmios e troféus, como softwares usados por VJs para performances audiovisuais - Modul8, ArKaos, Resolume, MadMapper, Vezér, entre outros e uma viagem para Budapeste, onde o vencedor, além de conhecer a Capital da Hungria,, também poderá projetar numa das famosas sparty, festas com VJs e DJs que acontecem nos banhos termais de Budapeste,  organizada pela Cinetrip, há mais de 20 anos.

As apresentações competitivas serão realizadas na empena do monumento durante apresentações de DJs da cidade e uma banda surpresa. As inscrições para os artistas já estão sendo realizada no site.

Os interessados devem preencher uma ficha, fazer o download do blue print do espaço e encaminhar um vídeo para a organização do evento, por meio virtual. O público terá acesso gratuito por meio da retirada de ingressos.