Esta página pode utilizar cookies.

A "Campanha Solidária Condor" teve início no dia 23 de agosto e vai beneficiar 23 instituições localizadas nas cidades onde a rede atua, nos Estados do Paraná e Santa Catarina. Viabilizada por meio do Instituto Joanir Zonta, a ação de marketing sustentável está em sua 12ª edição e já doou mais de 3,6 milhões de Reais para 218 entidades.

A ação sustentável é realizada por intermédio de parcerias formadas entre o Condor e seus fornecedores. Parte da venda de centenas de produtos participantes da campanha e promocionados em tabloides de ofertas durante o período é revertida em vales-compras Condor, que são doados a instituições selecionadas de forma criteriosa, passando por processo de apresentação de documentos, avaliação dos serviços prestados à comunidade, e, por fim, prestação de contas da destinação dos recursos.

“Esta é uma campanha muito especial para o Condor e para o Instituto Joanir Zonta, pois ela cresce a cada ano e mobiliza milhares de pessoas em prol das instituições beneficentes, que realizam um trabalho essencial para a sociedade. Nós e os fornecedores participantes destinamos parte da venda dos produtos selecionados para a ação e os nossos clientes fecham o ciclo ao escolherem comprar esses produtos.”, afirma a presidente do Instituto Joanir Zonta, Sandra Zonta.

Os vale-compras podem ser trocados durante um ano inteiro por alimentos, produtos de higiene e limpeza, bazar, roupas e eletros, em qualquer uma das 46 lojas da rede. A arrecadação será repassada para 23 instituições localizadas nas seguintes cidades: Almirante Tamandaré, Apucarana, Araucária, Campo Largo, Campo Mourão, Castro, Colombo, Curitiba, Fazenda Rio Grande, Lapa, Londrina, Maringá, Paranaguá, Pinhais, Ponta Grossa, São José dos Pinhais, e em Santa Catarina, na cidade de Joinville.

A Campanha Solidária Condor segue até o dia 16 de setembro em todas as lojas da rede.

O valor revertido para uma das beneficiadas em 2017, a instituição Casa do Caminho, de Almirante Tamandaré, foi utilizado para complementar a alimentação das crianças com produtos de melhor qualidade, além de ser utilizado para adquirir materiais escolares e eletrodomésticos que antes não tinham condições de comprar.

Já na Apae de Colombo (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), o valor viabilizou diversos projetos, além de manter e auxiliar nas atividades diárias dos alunos na escola. “Adquirimos materiais que a instituição não poderia comprar, como uma televisão para a sala de cinema, o que proporcionou a interação dos alunos e a ampliação do trabalho dos professores com temas didáticos de sala de aula. Também melhoramos o cardápio servido e compomos as cestas básicas para os alunos mais carentes.”, disse Débora Regina Alves, do administrativo da entidade.

Para Jessica Lima, da Associação de Síndrome de Down de Joinville, a Campanha Solidária Condor contribuiu para melhorar a qualidade de vida dos atendidos pela entidade, além de suas famílias e funcionários. “A iniciativa do Condor é muito importante para instituições como a nossa, que vivem de doações e dependem de campanhas como esta para melhorias diárias na alimentação e manutenção da entidade.”