Esta página pode utilizar cookies.

Passear pelas ruas do Centro do Rio de Janeiro é caminhar pela rica história da cidade.

Muito bem acompanhado, então, é ainda mais prazeroso se apropriar de sua cultura, aprender sobre sua importância política e econômica, conhecer sua diversidade arquitetônica, admirar seu patrimônio e aproveitar – por que não? – sua boemia.

Um projeto cultural baseado em visitas guiadas e patrocinado pela Rede Windsor Hoteis quer contribuir ainda mais para a valorização do corredor cultural que inclui Centro Histórico, Zona Portuária e adjacências.

A intenção é oferecer uma experiência gratuita de qualidade à população e beneficiar também hóspedes dos hotéis Guanabara, Flórida e Asturias, localizados no Centro da cidade e no Flamengo.

Desta forma, clientes corporativos ganham motivos para esticar a estada e usufruir da região no fim de semana enquanto o boca a boca ajuda a divulgar o Centro como uma ótima opção de hospedagem em viagens de lazer.

“Queremos ser referência no setor hoteleiro como fornecedores de conteúdo sobre o Rio de Janeiro.”, diz Vitor Almeida, gerente de Marketing da Rede Windsor Hoteis.

O projeto dispõe ainda de um atualizado mapeamento das atividades e manifestações culturais das regiões da Zona Portuária, Cinelândia e Glória e produção de mapa com pontos culturais de interesse.

A primeira fase do projeto contou com oficinas de capacitação de funcionários de diversas áreas da Rede Windsor Hoteis e visita guiada pela historiadora Priscila Monteiro, uma pioneira no turismo histórico e cultural no Rio.

Confira a agenda de passeios já disponíveis abaixo e inscreva-se pelo site ou pelo telefone (21) 2233-3690. Além de gratuitos, os passeios contarão com uma breve oficina de história sobre os pontos que serão visitados. Acompanhe também a página no Facebook.

Rio de Glórias.
Cinelândia.
Pequena África.
Palácio do Catete (visita interna e jardins).
Caminhada pela Praia do Flamengo.
Edifício Manchete.
Hotel Glória.
Praça Luís de Camões (visita ao Memorial Getúlio Vargas - subterrâneo).
Outeiro da Glória (visão panorâmica).
Flamengo, pela Avenida Praia do Flamengo.
Monumento aos Mortos da Segunda Guerra Mundial (Monumento aos Pracinhas).
Cine Odeon.
Centro Cultural da Justiça Federal.
Praça - Monumento Marechal Floriano Peixoto.
Biblioteca Nacional.

Theatro Municipal.
Palácio Pedro Ernesto (Reforma de Pereira Passos).
Largo da Carioca - Convento de Santo Antônio.
Praça XV (através da rua Sete de Setembro): Antiga Sé, Paço Imperial.
Travessa do Comércio e Arco do Telles (lendas urbanas).
Rua do Ouvidor.
Centro Cultural Banco do Brasil.
Casa França-Brasil.
Igreja da Candelária.
Largo de Santa Rita - Antigo depósito de escravos.
Rua do Acre - Prisão do Aljube.
Rua Camerino.
Largo de Depósito.
Mercado de Escravos do Valongo.
Jardim Suspenso do Valongo.
Cais do Valongo.
Pedra do Sal.
Sacadura Cabral.
Praça da Harmonia.
Instituto Pretos Novos - IPN.
Um trajeto no coração do Rio.

O projeto Rotas Culturais é realizado pelo Instituto Cultural Cidade Viva (ICCV), em parceria com a empresa HCTur - História, Cultura e Turismo, Hotéis Rio (Associação de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro), Polo Região Portuária e Sebrae/RJ.

É patrocinado pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Rede Windsor Hoteis por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (Lei do ISS/RJ).