Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/uploads/2017/09/images/Setembro_2017/21.09/Segmento_MICE_volta_a_crescer_e_espaco_ganha_forca_no_Festuris_2017.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Em 2017 o Espaço será revitalizado e terá novo layout com balcões de negócios, agendamento obrigatório, e conta com os seguintes expositores já confirmados: Redetur, CVB Buzios, CVB Guarujá, CVB São Paulo, CVB Punta del Leste, CVB Hortênsias, CVB Bento Gonçalves, CVB Santa Maria/RS, Fundaparque, Guarita Park Hotel, Hotel Sandri e GJP. Além deles, a ABEOC Brasil confirma participação no Festuris pelo quinto ano consecutivo

Crescimento de mercado

O mercado corporativo brasileiro movimentou R$ 5,5 bilhões no primeiro semestre deste ano, representando um crescimento de 9,2% frente ao mesmo período de 2016. As informações, divulgadas pela Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp), representam dados colhidos entre companhias aéreas, hotéis, locadoras de veículos e agências. Somente no mercado aéreo, as vendas inflaram 6,7%. “É importante destacar que o aumento da procura por voos acontece em meio à retomada do turismo de negócios e maior número de feriados prolongados”, destaca o último Boletim de Desempenho Econômico do Turismo (Bdet) divulgado em junho pela Fundação Getulio Vargas (FGV), que ouviu 782 empresas em todo o País.

“O Festuris  mais uma vez inova no turismo  MICE que, não só beneficia e divulga diretamente os empresários que trabalham com esta indústria do futuro, sendo uma  vitrine perfeita. Bem como desempenha um papel muito importante no que se refere ao seu desenvolvimento, o que é essencial para uma indústria turística rentável e sustentável”, comenta a presidente da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC Brasil), Ana Cláudia Bitencourt.