Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2014/05/seminario_nacional_inovacao_unisul_2014_01.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

O quinto Seminário Nacional de Inovação acontece na Unisul de Tubarão nos dias 20 e 21/05, como parte da programação da 11ª Feira da Indústria, Comércio e Serviços (Feincos). Neste ano, o evento explora a temática “O Centro de Inovação de Tubarão e o desenvolvimento de tecnologias para o complexo industrial da saúde”. Os painéis, mesas redondas e palestras vão acontecer no Salão Nobre da Universidade e na Sala de Treinamento, ambos localizados no Prédio Sede da Unisul. O evento é aberto à comunidade e tem entrada franca. De acordo com o diretor da Agetec, professor Paulo Roberto Boff, a intenção é discutir a vocação do Centro de Inovação que será instalado na cidade. “O nosso objetivo é fazer com que a sociedade se aproxime dessa discussão, trazer luz a esse tema e colocar as pessoas em contato com essa oportunidade”, explica. Ainda segundo ele, neste ano a programação do Seminário foi montada a fim de fazer um “casamento” entre discussões sobre tecnologia e sobre saúde. A abertura do evento ocorre no dia 20/05, às 19h30 no Salão Nobre da Unisul, com o painel “Centro de Inovação de Tubarão: articulação regional da tríplice hélice (governo, universidade e setor produtivo)”. O professor Paulo Boff reforça que o trabalho conjunto deste três setores da sociedade é fundamental para o que o Centro de Inovação cumpra o seu propósito: “De promover um crescimento com sustentabilidade, e não apenas gerar riquezas para alguns”, complementa Boff. O painel terá a presença do deputado federal Paulo Roberto Bornhausen, principal mentor do projeto dos Centros de Inovação em Santa Catarina; do secretário de desenvolvimento econômico de Tubarão, Clair Teixeira; do vereador Edson Firmino; do reitor da Unisul, professor Sebastião Salésio Herdt; e de representantes de entidades empresarias de Tubarão. “Cada um deles vai falar sobre o papel da entidade que representa na construção do Centro”, diz o professor Paulo Boff. A programação também vai se voltar para a questão vocacional. Nesse sentido, o tema saúde, já discutido no Seminário do ano passado, será retomado como uma alternativa de vocação para o Centro. “Não significa que ele terá somente este foco. Mas, a nossa ideia, é que haja um rumo, porque nós precisamos que Tubarão tenha uma identidade. A escolha da saúde se dá por acreditarmos no potencial da cidade neste setor”, explica Boff. Os Centros de Inovação fazem parte do Programa Catarinense de Inovação (PCI) e vão abrigar salas de aulas, espaços para pesquisa e incubadoras de empresas. O objetivo é promover ações que tragam melhorias na economia do Estado, com a capacitação de pessoas e empresas, para aumentar a competitividade. Além de Tubarão, outros onze municípios catarinenses receberão os edifícios-sedes: Criciúma, Blumenau, Florianópolis, Joinville, Chapecó, Joaçaba, Itajaí, São Bento do Sul, Jaraguá do Sul, Lages e Brusque. O Centro de Tubarão ficará localizado no bairro Revoredo. O projeto da obra já foi aprovado e a expectativa é de que elas iniciem em breve. De acordo com o professor Paulo Roberto Boff, todo o esforço está sendo feito para que ele esteja em funcionamento já em 2015. Ainda segundo o professor, não há o que dar errado. “Tubarão cumpriu todos os requisitos necessários. Agora, temos que atuar para que este Centro tenha realmente um contexto de inovação”, diz. O evento tem apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e tem como parceiros Prefeitura Municipal de Tubarão, Associação Industrial de Tubarão (Acit), Associação dos Jovens Empreendedores de Tubarão (Ajet) e Associação das Micro e Pequenas Empresas de Tubarão (Ampe). O evento é organizado pela Agência de Desenvolvimento Científico, Tecnologia e Inovação da Unisul (Agetec) e conta com apoio do Programa de Pós-graduação – Mestrado em Ciências da Saúde da Unisul e da Unidade de Articulação Acadêmica (UnA) Tecnológica. Confira a programação completa do Seminário Nacional de Inovação clicando aqui.