Esta página pode utilizar cookies.

Uma agenda para a Rio+20 dá a partida oficial para a primeira discussão sobre as principais questões do relatório Visão Brasil 2050, que será lançado na Rio+20. O evento acontece dia 10/05, no Espaço Tom Jobim, entre 08h e 18h45, um mês antes da conferência e tem a expectativa de reunir 400 convidados.               O Congresso é organizado pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), representante no Brasil do World Business Council for Sustainable Development (WSBCD). O Sustentável 2012 tem como objetivo discutir a agenda do desenvolvimento sustentável no País, além de buscar respostas sobre como acelerar a implementação da sustentabilidade, propondo metas para o setor empresarial, políticas públicas e mudanças de comportamento do consumidor.           De acordo com a presidente executiva do CEBDS, Marina Grossi, o evento trará uma relevante contribuição para a promoção do desenvolvimento sustentável no País. “O Sustentável 2012 tem o objetivo de demonstrar que o setor privado brasileiro está consciente do seu papel para fazer com que o Brasil chegue a 2050 com qualidade de vida, respeitando os limites do planeta” explica Grossi. Os temas abordados nas plenárias do Sustentável 2012 sintetizam os noves pilares do relatório Visão 2050 Brasil. São eles: 1. Escolhas Inteligentes: como o consumo altera o ambiente que nos cerca - valores das pessoas, desenvolvimento humano e economia. 2. Lançamento da ferramenta para serviços ecossistêmicos – florestas e agricultura. 3. A energia como vantagem comparativa do Brasil no contexto do desenvolvimento sustentável - energia. 4. A cidade como ambiente promotor da sustentabilidade - edificações, materiais e mobilidade. O evento terá ainda uma plenária com o tema “A Rio+20 e a Economia Verde: como medir o progresso em um mundo sustentável”. A discussão abordará a tarefa de estabelecer os indicadores que podem ajudar na orientação pelos resultados buscados, ou seja, indicadores de sustentabilidade. Os debates serão comandados por William Waack e Heraldo Pereira. Já confirmaram presença a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira; o embaixador e presidente da Secretaria Executiva da Comissão Nacional para a Rio+20, Alberto Figueiredo; o senador Cristovam Buarque, presidente da Subcomissão Permanente de Acompanhamento da Rio+20 e do Regime Internacional; e o presidente do Grupo de Trabalho da Prefeitura para a Rio+20, Sergio Besserman. Iniciativas Sustentáveis O CEBDS irá neutralizar as emissões de gases do efeito estufa do congresso Sustentável 2012 por meio do uso de créditos de carbono expedidos pela UNFCCC (órgão da ONU para Mudanças Climáticas). Ao todo serão neutralizados  3,4 toneladas de carbono. Os créditos são gerados em projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo onde cada crédito equivale a uma tonelada de emissões de gás carbônico que foi evitada. Para esta iniciativa o CEBDS em parceria com a Neutralize Carbono, especializada em projetos de neutralização de emissões, garantirá uma neutralização real, imediata e verificável. Um número de registro único garante a rastreabilidade dos documentos em cada uma das etapas: validação, aprovação, registro, verificação, monitoramento, verificação e certificações periódicas. Os documentos são públicos e livremente acessíveis por qualquer parte interessada no site da UNFCCC, garantindo assim a confiabilidade, robustez e transparência da solução apresentada. Todo o mobiliário usado no Congresso Sustentável 2012: uma Agenda para a Rio+20 será de madeira de demolição. O material impresso será feito com papel certificado FSC e as credenciais serão de papel semente.