Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2012/05/borjomi.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Para comunicar a profundidade a que é captada essa água Borjomi, a nada mais nada menos que a oito mil metros debaixo do solo, na Georgia, no leste da Europa, a agência Ogilvy Ucrânia criou o site mais fundo do mundo. É um site e uma aplicação com um scroll de oito quilômetros. Nem todo o mundo chega ao fim, mas aos que chegarem é permitido deixar a sua marca. E, entretanto, na viagem até às profundezas de captação dessa água única, os mais persistentes vão tendo acesso a informação sobre os materiais de que é feito o solo, camada após camada. A aplicação tem um contador do lado direito que vai contando o tempo, a velocidade e a profundidade que o usuário está. O local até onde chegou pode ser partilhado via Facebook, aguçando a curiosidade dos amigos que vão se perguntar o que será exatamente o site mais longo da internet.