Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2011/08/siemens-.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Pesquisa anual realizada pela consultoria internacional de gerenciamento de marcas Interbrands aponta a Siemens como uma das três empresas mais verdes do mundo. O ranking, divulgado na última semana, é resultado de uma pesquisa que combinou a percepção pública sobre a sustentabilidade nas corporações com o resultado efetivo desse conceito, por meio de metodologia exclusiva desenvolvida pela Deloitte. As outras empresas que também mereceram destaque foram Toyota e 3M.

A importante classificação da Siemens confirma a valorização das soluções ambientais da empresa que, só em 2010, permitiram aos seus clientes de todo o mundo reduzir suas emissões de dióxido de carbono (CO2) em um total de aproximadamente 270 milhões de toneladas, um volume igual às emissões anuais de CO2 de megacidades como Hong Kong, Londres, Nova York, Tóquio, Delhi e Cingapura. O portfólio ambiental da Siemens é responsável, hoje, por 30 bilhões de euros do faturamento global da companhia, o que representa mais de um terço do total de 76 bilhões de euros faturados em 2010. No Brasil, por exemplo, um terço do faturamento da Siemens está ligado também ao portfólio ambiental, com destaque para mobilidade, energias renováveis e soluções industriais para eficiência energética e de tratamento de água. Relatório Melhores Marcas Globais Verdes 2011 Este primeiro estudo da Interbrands sobre a imagem sustentável das empresas avaliou a performance de 50 companhias globais segundo critérios de sustentabilidade e considerou a percepção dos consumidores sobre as ações de cidadania corporativa das marcas e informações prestadas pelas companhias. O estudo se baseou em análises das marcas feitas pelo público em dez importantes mercados: Estados Unidos, Japão, China, Brasil, Alemanha, França, Grã-Bretanha, Itália, Índia e Espanha.