Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2014/05/Pontos_tur_sticos_de_SC.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Além da torcida da Argélia com mais de 2,5 mil pessoas que escolheu Balneário Camboriú para se hospedar, Santa Catarina espera receber outros torcedores e turistas durante o Mundial, especialmente os que acompanharão suas seleções em Curitiba e Porto Alegre. Segundo o presidente da Santur, Valdir Walendowsky, como o Estado é projetado como destino turístico, a expectativa é de que vai receber visitantes de todos os continentes, com uma presença maior de pessoas da América Latina e Europa.
Imagem: Divulgação/Santur.
[caption id="attachment_397510" align="aligncenter" width="523"] Santa Catarina tem diversos pontos turísticos e está localizada entre os dois Estados que receberão jogos do Mundial.[/caption]
Como os voos no Brasil são caros, a maioria vai optar pelo transporte rodoviário, o que facilitará a parada em Santa Catarina, acredita o presidente da Santur.   A grade de jogos nos Estados vizinhos é bem diversificada. Em Curitiba, jogarão Irã e Nigéria (dia 16/06), Honduras e Equador (20/06), Austrália e Espanha (23/06), e Argélia e Rússia (26/06). Em Porto Alegre jogarão França e Honduras (15/06), Austrália e Holanda (18/06), Coreia do Sul e Argélia (22/06), e Nigéria e Argentina (25/06). “Entre os motivos para visitar Santa Catarina estão novas belezas naturais, tanto no Litoral quanto no Interior, a cultura, a gastronomia e a boa receptividade do povo catarinense descendente de diversas etnias”, comenta Walendowsky. Durante a Copa, o Brasil vai receber cerca de 600 mil estrangeiros, apurou a Embratur. Conforme o presidente da Santur, o governo federal também ficou responsável por fazer as pesquisas que vão mostrar o impacto turístico da Copa do Mundo.