Esta página pode utilizar cookies.

O publicitário e proprietário da Artplan, Roberto Medina, foi eleito por um júri de nove especialistas dos segmentos de eventos e turismo como "Líder da Indústria de Eventos" brasileira. O empresário foi selecionado, junto com outras 14 personalidades, como um dos que mais contribuiu para o crescimento do mercado de eventos no País nos últimos 15 anos. A escolha foi feita com base na análise do histórico de cerca de cem profissionais. Fizeram parte do júri: Anita Pires, Armando Campos Mello, Elza Tsumori, Ibrahim Tahtouh, Marisa Canton, Paulo Gaudenzi, Raimundo Peres, Roosevelt Hamam e Sergio Junqueira Arantes, todos membros da Academia Brasileira de Eventos e Turismo. [caption id="attachment_331085" align="aligncenter" width="580"] Roberto Medina (Foto: From pop.com.br).[/caption] Nascido no Rio de Janeiro, em 1949, o publicitário é conhecido por ter criado campanhas marcantes para diversos anunciantes, ter promovido o maior show, até então, de um artista solo - Frank Sinatra no Maracanã, em 1980 - além de ser o idealizador e organizador do Rock in Rio, que levou seu nome ao Guinness como maior festival de música da história, em 1985, e manteve o título de maior festival internacional somando 13 edições, entre Brasil e Europa. A indústria de eventos, também conhecida como segmento M.I.C.E. - Meetings, Incentive, Conferencing and Exhibitions, é o segmento que congrega os setores de entretenimento, turismo e eventos, responsável por cerca de 20% dos empregos mundiais, realiza no Brasil cerca de um milhão de eventos/ano e movimenta mais de R$ 50 bilhões anuais no País. Em ano de Copa do Mundo, é importante lembrar que, no mundo, somente a área de entretenimento movimenta US$ 1 trilhão, sendo o esporte responsável por US$ 350 milhões, dos quais US$ 260 milhões são movimentados anualmente somente com o futebol.