Esta página pode utilizar cookies.

O Rally da Ilha, tradicional prova do calendário de rali nacional, acontecerá entre 18 e 20/10, em Ilha Comprida (SP). Assim como nas cinco edições anteriores, a prova deve atrair as principais equipes do País, que prometem tudo em busca de pontos válidos pelo Campeonato Brasileiro de Rally Baja. Estarão na disputa as modalidades: motos e quadriciclos. Além disso, também participam do certame os UTV's e este ano terá a categoria experimental para motos (pilotos que nunca correram uma prova de rally) com desconto de 50% no valor da inscrição. Com organização da Arena Promoções e Eventos, tendo à frente Henrique Arena, o Rally da Ilha será disputado em rodada dupla, e prevê duas voltas especiais por dia. Para o sábado (19/10), serão de 55 km cada e no domingo (20/10), 115 km de especiais, totalizando 340 km entre trechos cronometrados e deslocamentos, percorrendo boa parte do perímetro de 70 km de extensão da Estância Balneária de Ilha Comprida, localizada no litoral sul de São Paulo. Antônio Arnaldo Borges, vice-campeão Brasileiro de 2012 (cat. Over 40) e Campeão Paulista na mesma categoria e atualmente líder nas motos na categoria Over 40, espera manter a liderança e tentar o título inédito da competição. "Estou intensificando a preparação, através de treinos específicos em areia. O objetivo é sempre vencer", disse o piloto representante da equipe AB Racing Mototech. Nos quadriciclos, Gabriel Varela, 18 anos de idade, quer terminar o Rally da Ilha em uma boa colocação para assegurar a liderança. "A expectativa no rally será terminar bem na categoria quadriciclos, para poder sair com o título de campeão brasileiro com uma prova de antecipação", disse o piloto paulista. O paranaense Diogo Zonato, 26 anos de idade, competidor em quadriciclos, se diz preparado e focado para mais uma etapa do calendário brasileiro. "A expectativa é sempre o melhor possível. O solo é diferente de qualquer outra prova de Baja, o lugar é lindo e a prova é muito rápida, o que proporciona ainda mais emoção ao rally”. [caption id="attachment_330762" align="aligncenter" width="560"] Os quadriciclos também estarão presentes na competição (Foto: Gustavo Efifânio).[/caption]

Pela categoria Marathon, Luciano Almeida (Tokens, Rodorápido, Suniex, Líder Peças, GSix Gráficos), vai em busca da liderança. "O esforço e os treinos são para conseguir assumir a liderança da categoria, pois estou na segunda posição a cinco pontos do líder. Será minha estreia no Rally da Ilha, a ansiedade toma conta, pois fui em uma que o Arena realizou em Botucatu que foi maravilhosa", garante o piloto. Os UTVs estarão em grande número no Rally da Ilha e as duplas definem suas estratégias. "A expectativa é grande, uma vez que será a minha primeira prova na Ilha, espero poder terminar no pódio. O UTV está sendo revisado para poder disputar a prova com tranquilidade", declara o piloto Nuno Fujo. Nas motos, a categoria PDA-Production Aberta é sempre muito disputada. "Minha expectativa é fazer uma prova consistente, pois geralmente o calor e o terreno arenoso de Ilha Comprida exige muito do preparo físico e da moto. Esse ano com mais especiais, terei que adotar uma estratégia diferente dos anos anteriores", finaliza Luiz dos Santos Neto, da equipe Valconfer Rally Team. A sexta edição do Rally da Ilha será válida pela sexta e sétima etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja, com supervisão da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo, da CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo e da FASP - Federação de Automobilismo de São Paulo e da FASP - Federação de Automobilismo de São Paulo. As inscrições já estão abertas no site oficial, onde também encontram-se todas as informações do evento.