Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2010/11/nissan_twitter_facebook.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Repercutiu durante toda a última semana nas redes sociais especializadas o desfecho aparentemente fora do programado da promoção "Quero meu carrão da Nissan", que prometeu um carro para quem conseguisse 45.000 retwits (RT) em uma mensagem postada no Twitter.

O assunto não rendeu TT mas gerou buzz negativo nos blogs especializados, até porque, muitos deles se organizaram para ganhar o carro e doar para instituições de caridade. Para complicar, o perfil declarado como ganhador pela Nissan não pode ser acessado porque aparece "suspenso" pelo Twitter. Conforme descreveu um deles, o blog especializado "Um passinho à frente",  a ideia parecia boa. Quem conseguisse um determinado número de RTs no Twitter ou Likes no Facebook levaria um carrão. Basicamente seria como se cada RT ou Like valesse um determinado valor. Legal. É o tipo de ação que gera um engajamento imediato, diante do valor percebido do prêmio. Neutra para gerar sentimento ou relacionamento, mas legal para gerar buzz. Mas nem tudo eram flores. O Eden, do Passinho à frente informou que, quando tomou conhecimento, logo postou: “A ideia é interessante mas o número de RTs e Likes são muito altos. 44.500 é absurdo para o perfil do usuário de redes sociais no Brasil. Bem, o que eu achei ser uma falha – era uma opinião minha – podia ser o objetivo da ação: ter apenas o engajamento das grandes webcelebridades e esquecer o usuário comum." Mas, pelo visto, as grandes celebridades resolveram não se engajar. Pessoas como Luciano Huck, Ivete Sangalo e demais celebridades reais não curtiriam a ideia de fazer propaganda de uma marca para correr o risco de ganhar alguma coisa. Não precisam e são mais inteligentes que isso. As webcelebridades pensaram da mesma forma, para surpresa dos planners. Felipe Neto, PC Siqueira, Marcelo Tas, Rosana e outros também não entraram na dança. Segundo um deles afirmou em off “para gerar esse número de RTs eu teria que me engajar MUITO mais do que R$ 44.500,00 pagariam”. Isso é lógico. E ainda correriam o risco de ganhar. Ou não. Poderiam, no fim das contas, apenas estar fazendo propaganda de graça. E a turma está um tantinho mais organizada que isso. E agora? Se as webcelebridades não se engajaram e o usuário comum viu que era impossível, quem é que levaria esse prêmio? Um hacker, daqueles especializados que criam centenas de milhares de perfis falsos e oferecem seguidores para você em troca de alguns trocados. Pelo menos é o que alegam os blogueiros prejudicados, quando informam que o perfil que levou o carro foi o @tca_oficial, que desapareceu logo depois que foram revelados os ganhadores. [caption id="attachment_86776" align="aligncenter" width="560" caption="@tca_oficial ganhou um carro da Nissan e teve perfil suspenso pelo Twitter. Promoção pelas redes sociais causa embaraço para montadora. "]@tca_oficial ganhou um carro da Nissan e teve perfil suspenso pelo Twitter. Promoção pelas redes sociais causa embaraço para montadora. [/caption] Apesar de tudo a promoção continua até 22/12, pois ainda não apareceu ninguém com 44.500 curtir no Facebook para levar o outro carro. Além disso a Nissan e ID/TBWA decidiram dar outro carro para o próximo perfil que atingir 44.500 RT no Twitter, tudo para não entrarem na lista dos #megafail de 2010. Veja o comunicado sobre o asssunto Acompanhe o post original do blog umpasssinhoafrente aqui.