Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2013/05/Grupo-Z-de-Teatro-_-Foto-Luara-Monteiro.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

O Palco Giratório é maior festival itinerante de Artes Cênicas do Brasil e está retornando a Cuiabá. Durante todo o mês de maio, o público terá a oportunidade de assistir, no Sesc Arsenal e no Centro de Cuiabá, 25 espetáculos produzidos em Mato Grosso e em outras regiões do País, como Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Pernambuco, Goiás, Maranhão, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais, Bahia e Sergipe. A abertura da programação do circuito oficial aconteceu em 03/05, com a peça “O Filho Eterno”, da Cia. Atores de Laura, do Rio de Janeiro. O monólogo ganhou o prêmio Shell de melhor ator em 2011. Já no dia 04/05 foi a vez da peça “Luis Antonio – Gabriela”, pela Cia. Munguzá de Teatro, de São Paulo. [caption id="attachment_288069" align="aligncenter" width="562"] Grupo Z de Teatro, do Espirito Santo, se apresenta dia 07/05.[/caption] Os espetáculos realizados no Centro de Cuiabá e no jardim do Sesc Arsenal serão gratuitos. Já para as atrações realizadas no teatro e no salão social da unidade a entrada é um litro de leite, que será revertido para o Mesa Brasil, programa do Sesc que visa contribuir para a cidadania e a melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de pobreza. [caption id="attachment_288064" align="aligncenter" width="562"] Teatro Vagamundo, do Rio Grande do Sul.[/caption] O Palco Giratório é um projeto do Sesc Nacional, que desde 1998 colabora com a formação de plateias em todo o País. Ao todo, já foram 6.175 apresentações como teatro de rua, circo, dança entre outras atividades artisticas — sejam em instalações do Sesc, praças e outros espaços urbanos. Mais do que entretenimento, essa iniciativa tem como objetivo não só a troca de experiências e vivências entre os artistas, mas também a difusão de montagens regionais pelo País afora, além de criar oportunidades de inserção de artistas, produtores e técnicos no mercado de trabalho.