Esta página pode utilizar cookies.

Hoje em dia o consumo de arte e cultura está sofrendo alterações estruturais tão profundas que deixam a indústria sem saber o rumo das coisas. Se antes a música não podia chegar às pessoas sem as distribuidoras, e os álbuns não podiam ser gravados sem as produtoras, agora, na era da internet, as coisas já não são assim. O mesmo se passa com os livros, os filmes e outros conteúdos consumidos on-line. Um bom exemplo dessa mudança é a plataforma de crowdfunding Pikup. Sua principal funcionalidade é anular a necessidade de intermediários entre os artistas e os fãs. Assim, quem gosta muito de um artista e quer recompensá-lo diretamente, incentivando-o a seguir sua carreira, pode utilizar a Pikup. Na velha indústria, a maior parcela dos lucros ia para as grande corporações envolvidas na produção e na distribuição das obras e, apenas uma pequena parcela, para os criativos que permitiam que essa indústria existisse. Pelo visto, o jogo continua mudando. Conheça a Pikup aqui.