Esta página pode utilizar cookies.

O maior circuito hípico do País está de cara nova. O Oi Brasil Horse Show Tour, novo nome do Oi Serra & Mar de Hipismo, chega ao oitavo ano investindo ainda mais na base do esporte. A grande novidade é a entrada da categoria Children na competição, onde jovens com idade entre 12 e 14 anos irão saltar obstáculos de 1,20m. Em torneios internacionais os brasileiros já são destaque nesta categoria, inclusive com conquista de títulos mundiais.

O concurso também está aberto às categorias Amador, Amador Top, Junior, Young Riders e Seniors, distribuídas dentro das séries Amador (1,20m), Medium Tour (1,35m) e Big Tour (1,45m / 1,50m). A primeira etapa acontecerá na próxima semana, entre os dias 13 e 15/04, na Sociedade Hípica Brasileira, no Rio de Janeiro; a segunda será de 11 a 13/05, no Portobello Resort, em Mangaratiba (RJ), e a grande final ocorrerá pela primeira vez em São Paulo, no Clube Hípico Santo Amaro, nos dias 29 e 30/06 e 1º/07. De acordo com os organizadores, a ideia é que a partir das próximas edições o evento tenha um número maior de etapas, incluindo cidades fora do eixo Rio-São Paulo. A Vibra Branding Esportivo coordenará a concepção e realização de toda a parte esportiva, e a Aktuell estará à frente no que tange à estratégia, posicionamento, ativação de marcas, identidade visual e produção em geral. O evento tem patrocínio do Governo do Rio de Janeiro e conta com apoio da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), Federação Equestre do Estado do Rio de Janeiro e Federação Paulista de Hipismo. "Com a categoria Children queremos reforçar ainda mais o nosso trabalho de fomento à base do esporte, apostando e desenvolvendo novos talentos, além de oferecer a oportunidade para estes jovens competidores de participarem do principal circuito hípico do país", afirma André Beck, diretor-presidente da Vibra Branding Esportivo. O Oi BHST será, ainda, observatório para o Oi Athina Onassis Horse Show, maior evento de hipismo da América Latina, que acontecerá nos dias 24, 25 e 26/08. A pontuação do circuito será atribuída ao concorrente (cavaleiro ou amazona), independente da montaria. No caso de competidores com mais de uma montaria, valerá o melhor resultado por prova. A classificação do campeonato se dará por pontos ganhos. O campeão será o cavaleiro que obtiver o maior numero de pontos acumulados durante as três etapas do campeonato. Não haverá descartes de etapas ou provas do circuito.