Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2013/09/Estudantes-receberam-várias-peças-e-manual_foto_by_fan-page-Mostracon-Triangulo.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Com o objetivo de estimular a criatividade, fortalecer o espírito de equipe e trabalhar temas relacionados à sustentabilidade, oficinas de robôs foram realizadas para alunos de escolas públicas, em Uberlândia. As atividades fazem parte da Mostra de Construção Civil 2013 (Mostracon) que aconteceu de 17 a 20/09. “É para que os alunos encontrem formas para eles preservarem o meio ambiente. Eles constroem um projeto para vivenciar na prática: um robô que funciona com energia solar”, informou o coordenador pedagógico do projeto, Daniel Almeida. [caption id="attachment_328960" align="aligncenter" width="562"] Estudantes receberam várias peças e manual (Foto: By fan page Mostracon Triângulo).[/caption] Dezoito alunos da Escola Municipal Professor Eurico Silva, por exemplo, desenvolveram protótipos durante a oficina. A equipe do aluno Maycon José da Silva, de 12 anos de idade, foi a primeira a terminar. “Não foi fácil, mas a gente colaborou um com o outro e fez o carrinho mais rápido”, declarou Maycon. De acordo com Mayk Demétrius, de 11 anos de idade, para cumprir a tarefa é necessário ter criatividade e fazer o trabalho em grupo. Os estudantes tiveram acesso a várias peças e manual. “Tentamos fazer um carro que é movido a energia solar para não poluir o ar”, disse a aluna Letícia Gomes de Assis, 11 anos de idade. Cada protótipo tinha um sensor, e, depois de montados, o próximo passo foi programar eles no computador. Com a utilização de lanternas simulando a energia solar, os estudantes conseguiram fazer carrinhos se movimentarem. “O robô que a gente fez movido a energia solar é para o bem do ambiente e tem que ser feito em equipe”,  afirmou Letícia Gomes.