Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2012/04/Hurra1-560x412.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Com iniciativas voltadas à ação social, a NS Indústria de Aparelhos Médicos apoia o projeto Hurra. Destinada à contribuição na formação de indivíduos por intermédio do esporte, a entidade dissemina a prática do rugbiycomo agente de transformação em escolas públicas de São Paulo. Criado a partir da expertise de profissionais ligados à educação e esporte, o projeto “Rugby nos CEU’s” é fruto da parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e a Associação Hurra para oferecer o acesso à prática da modalidade esportiva nas escolas de rede municipal por intermédio dos CEU’s (Centro Educacional Unificado). Atualmente são mais de 450 participantes nas zonas Sul e Leste de São Paulo. Além disso, o projeto proporciona a capacitação dos profissionais de Educação Física envolvidos na atividade para aplicar a metodologia IRB – International Rugby Board e difundir os princípios que norteiam a prática do esporte: respeito, lealdade, disciplina e tolerância. “Ao apoiarmos a iniciativa colaboramos para a difusão de práticas que visam à saúde e ao bem estar de crianças e adolescentes que, em condições normais, não teriam chance de travar contato com um esporte como rugby”, diz o gerente comercial da NS, Maurício Parizi, que acrescenta ainda: “Além disso, os valores difundidos pela modalidade auxiliam na vivência de experiências positivas para a formação educacional”. Modalidade adotada no projeto, o Rugby Tag não tem contato físico, já que os atletas interceptam os jogadores para arrancar-lhe as fitas que ficam afixadas à cintura. Desta forma, o jogo acontece objetivando ultrapassar a linha de fundo adversária e arrancar a fita (tag).