Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2014/05/Infometrô_recife_foto_Bobby-Fabisak.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

O metrô do Recife não está mais carente de informações sobre funcionamento, opções de rotas e integrações do sistema. No dia 26/05, a 18 dias da Copa do Mundo de 14, o metrô ganhou o "Infometrô", um software repleto de informações sobre as três linhas em operação: Centro, Sul e Diesel (atualmente operada por Veículos Leves Sobre Trilhos – VLTs), que transportam, juntas, quase 400 mil passageiros por dia, e, durante os jogos programados para a Capital, levarão entre 17 e 19 mil pessoas para a Arena Pernambuco.

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem.
[caption id="attachment_398756" align="aligncenter" width="562"] O Infômetro, a princípio, tem o objetivo de atender aos turistas que virão a Recife.[/caption]   Totens para acessar o dispositivo começaram a ser instalados. Dois já estão à disposição da população e dos futuros turistas na Estação Recife e outros serão colocados nas sete estações que compõem o chamado "Corredor da Copa". Receberão dois totens, cada, as estações Aeroporto, Antônio Falcão e Tancredo Neves (Linha Sul), Joana Bezerra, Rodoviária, Cosme e Damião e Camaragibe (Linha Centro). No total, serão 39 equipamentos até a Copa do Mundo, que representaram um investimento de R$ 215 mil feito pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Além de cobrir uma carência existente há muitos anos, de prestar informações sobre o sistema aos usuários, o software tem um diferencial: é uma tecnologia pernambucana, criada por um funcionário do metrô, o maquinista José Gomes, 26 anos de idade, há quatro na companhia. “Fazia o curso de analista de sistemas, quando me chamou atenção a quantidade de dúvidas dos passageiros. Tive a ideia de fazer meu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) criando esse software. Tinha a Copa do Mundo como atrativo, e, por sorte, a CBTU comprou a ideia”, explicou o criador. Os totens vão ser bastante úteis para a população em geral, inclusive usuários diários do metrô porque indicam até as linhas de ônibus que fazem integração com o sistema e se a operação das Linhas Centro, Sul e Diesel está normal. Mas a utilidade maior, sem dúvida, será para os turistas. A apresentação é clara e a forma de uso simples, com muitas imagens e poucos jargões tecnológicos. Está em três idiomas – português, inglês e espanhol – e permite aos passageiros traçar rotas de qualquer estação ou linha do metrô e até consultar um banco de dados sobre os pontos turísticos mais próximos de cada estação. Notícias sobre o sistema e o clima também estão disponíveis. Se após utilizar os totens as dúvidas permanecerem, há a opção de se comunicar por um chat ao vivo. O Infometrô poderá ser acessado nos dispositivos móveis pelo site.
Fonte: Roberta Soares/Jornal do Commercio.