Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2014/11/mamaco-em-manaus.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Mais de mil mães de várias Zonas da Capital participaram na tarde de 25 de novembro de um "mamaço coletivo" na arquibancada do Anfiteatro da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus. A ação de marketing sustentável teve o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do aleitamento na redução da mortalidade infantil. O evento faz parte XIII Encontro Nacional de Aleitamento Materno (Enam) e do III Encontro Nacional de Alimentação Complementar Saudável (Enacs). Intitulada "Mil Mães Amamentando", a ação ocorre de dois em dois anos em  diversas Capitais do País e em 2014, Manaus foi escolhida para ser sede.

Foto: Evandro Seixas.
[caption id="attachment_435565" align="aligncenter" width="562"] Mais de mil mães compareceram ao evento sobre a importância da amamentação.[/caption] Segundo a coordenadora da iniciativa em Manaus, Ivone Amazonas, um dos objetivos do "mamaço" é atentar para a mortalidade infantil. "Já é comprovado que o aleitamento promove a diminuição de mortes de crianças. Em Manaus, o Mil Mães pretende proteger, apoiar e divulgar s importância deste ato, que resulta em uma alimentação saudável para a criança e uma ótima maternidade.", explica. As mães convidadas fazem parte de cinco distritos pertencentes às Zonas Norte, Sul, Leste Oeste e Rural de Manaus. O encontro ainda contou com a participação do prefeito Artur Neto, dos secretários municipal e estadual de saúde, Homero Miranda Leão e Wilson Alecrim, vereadores e representantes do Ministério da Saúde.   banner impacto