Esta página pode utilizar cookies.

A Intelbras, que atua na comercialização de centrais telefônicas, entra em uma nova fase com o lançamento da Impacta IP, na última quarta-feira (18/04). O evento reuniu em Florianópolis (SC) cerca de 400 parceiros. A fabricante nacional começou sua evolução tecnológica nos anos 80, com o lançamento da primeira central microprocessada desenvolvida no País. Em 2004, a empresa iniciou a comercialização da primeira central híbrida do Brasil. Para o presidente da Intelbras Altair Silvestri, o lançamento da solução IP, um produto de tecnologia 100% nacional e altamente competitivo, “É um momento de grande satisfação e conquista, em que a empresa está mais madura e confiante”, afirma. [caption id="attachment_189076" align="aligncenter" width="560" caption="Altair Silvestri."][/caption] Para chegar à nova tecnologia, a companhia investiu na qualificação de pessoas e contou com a parceria de engenheiros da UFSC. Segundo Susana Brockveld, diretora da unidade de telecom corporativo da Intelbras, a Impacta IP é uma solução robusta e altamente confiável, que servirá de base para novos produtos da fabricante. Com o objetivo de capacitar e certificar sua rede de integradores, a empresa já deu início a uma série de treinamentos em todo o País. [caption id="attachment_189077" align="aligncenter" width="560" caption="Susana Brockveld."][/caption] “A globalização traz muitas oportunidades, mas também aumenta a concorrência. É preciso ser competente e ter atualização tecnológica para continuar no mercado”, afirmou o presidente durante o evento de lançamento. [caption id="attachment_189078" align="aligncenter" width="560" caption="Wendel Martins e Susana Brockveld lançam oficialmente a solução."][/caption]