Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2013/10/equipe-honda_rally-dakar-2014_foto_Luis-Pires_Vipcomm-560x373.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Pela primeira vez na história, em 42 anos, a Honda do Brasil terá uma equipe oficial no Rally Dakar, que será realizado entre os dias 05 e 18/01, na Argentina, Bolívia e Chile. Os pilotos Jean Azevedo, Dário Júlio e Ike Klaumann serão os representantes na categoria Motos na maior e mais dura prova off-road do planeta. O anúncio foi feito no dia 09/10, durante coletiva de imprensa no estande da montadora no Salão Duas Rodas, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. [caption id="attachment_334009" align="aligncenter" width="560"] Jean Azevedo, Dário Júlio e Ike Klaumann serão os representantes da Honda do Brasil no Rally Dakar 2014 (Foto: Luiz Pires/Vipcomm).[/caption]

“A presença de uma equipe do nosso país no Dakar é uma grande conquista, já que a competição é uma prova de repercussão mundial que atinge mais de um bilhão de pessoas”, destaca Alexandre Cury, gerente geral comercial da Moto Honda da Amazônia.

Na edição de 2013, a marca retornou à competição após 24 anos, com a Team HRC, composta por cinco pilotos de diferentes nacionalidades. A Honda já havia participado nove vezes na categoria motocicletas do precursor do atual Rally Dakar, o Rally Paris-Dakar, de 1981 a 1989, e foi vencedora por cinco vezes. O objetivo da presença da Honda no Dakar é o desenvolvimento, ou seja, usar a tecnologia adquirida nas corridas em aplicações comerciais. Por isso, desde 2012, a empresa desenvolve a moto CRF 450 Rally. [caption id="attachment_334010" align="aligncenter" width="560"] O modelo de moto que será usado no Rally Dakar 2014 foi apresentado no Salão Duas Rodas (Foto: Luis Pires/Vipcomm).[/caption] O modelo 2014 será utilizado no próximo Dakar pelos pilotos da Team HRC – os portugueses Helder Rodrigues e Paulo Gonçalves, o espanhol Joan Barreda, o argentino Javier Pizzolito e o britânico Sam Sunderland - e também será o equipamento do brasileiro Jean Azevedo. Único representante do país a vencer etapas no Dakar na classificação geral (2005 e 2007), Jean, 39 anos de idade, acumula 15 participações na prova. Em 2003, o piloto de São José dos Campos (SP) conquistou a melhor posição ocupada por um brasileiro: quinto lugar na classificação geral entre as motos. “Estou muito feliz com essa oportunidade. Será meu 16º Dakar e a primeira vez que terei uma moto oficial de fábrica. Isso me deixa bastante motivado a trazer um bom resultado para o Brasil”, diz Jean. O catarinense de Rio Negrinho, Ike Klaumann, 26 anos de idade, campeão brasileiro de Rally Cross Country e de Rally Baja, tem no currículo uma participação no Dakar em 2012. “Minha primeira experiência no Dakar foi importante, apesar de não ter completado a prova. A competição é totalmente diferente de qualquer outra. Temos uma equipe entrosada e bem alinhada e acredito que isso será fundamental no nosso desempenho”, conta Ike. Dário Júlio, 36 anos de idade, mineiro de Lavras e tricampeã o brasileiro de Rally Cross Country e vice-campeão do Rally dos Sertões, é o estreante da equipe no Dakar. “A expectativa é grande. É o maior desafio para um piloto de rali. A prova exige muito do físico e mais ainda do psicológico. Estou me preparando, sempre aproveitando o conhecimento do Jean, que vai para sua 16ª participação”, destaca Dário, que assim como Ike utilizará o modelo CRF 450X.