Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2012/04/redlight.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

O Red Light District, em Amsterdam, é uma das maiores atrações turísticas dessa cidade e o mais famoso local da Europa, orientado para a indústria do sexo, em que a prostituição é legalizada. Por isso, faz todo o sentido que a organização Stop the Traffik se tenha lembrado desse lugar icônico para fazer uma ação de guerrilha de alerta para o tráfico humano. Apesar de ser orientada para o sexo, essa área da cidade é extremamente lúdica, não sendo apenas dirigida a maiores de 18 anos de idade. Qualquer pessoa pode ser encontrada "vendo as vitrinas" no Distrito Vermelho e, na verdade, tem até famílias passeando nas ruas. Stop The Traffik é uma associação internacional de organizações, comunidades e indivíduos que tem como objetivo chamar a atenção para o flagelo do tráfico humano. Sob o seu motto 'As pessoas não são para serem vendidas nem compradas', a organização fez uma ação impressionante que confrontou quem estava passeando com uma fria realidade. O melhor mesmo é conferir no vídeo: