Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2014/10/BR-GrupoABC-560x295.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Conglomerado de empresas já consolidadas no mercado nacional, o Grupo ABC olha para o universo das startups com o lançamento de um programa que incentiva o empreendedorismo dentro de casa. Batizado de “Start Us Up”, a ação de marketing de incentivo estimula os 2,5 mil funcionários das 15 agências do grupo a apresentarem ideias de negócios posicionadas entre a tecnologia e a comunicação. “A iniciativa surgiu a partir do momento que identificamos essa vontade nos colaboradores. É cada vez maior o desejo dos funcionários em trilhar esse caminho. Nossa ideia é ajudar a desenvolver e até investir nos projetos mais bacanas.”, explica Bob Wollheim, head of digital do Grupo ABC.

Foto: Divulgação.
[caption id="attachment_429324" align="aligncenter" width="560"] Bob Wollheim.[/caption] A partir do dia 15/11, prazo final para as inscrições, uma equipe do próprio ABC vai analisar e selecionar as propostas mais promissoras. Depois, serão oferecidos coaching, pacote completo de desenvolvimento da marca e ajuda para montar o plano de negócios. Segundo Wollheim, este é o primeiro passo de um projeto maior batizado de ABC Seed, que tem a intenção de aproximar o grupo de Nizan Guanaes do empreendedorismo criativo que começa a ganhar musculatura no País. Cocriação  Outras agências brasileiras já avançaram nessa área. A FlagCX, holding comandada por Roberto Martini, mantém internamente uma aceleradora que identifica startups para serem adquiridas e orienta os negócios das empresas do próprio grupo. A LiveAD, de Lucas Mello, também mantém relacionamento estreito com empresas em estágio inicial para projetos de co-criação. Nos Estados Unidos, há iniciativas mais maduras entre as agências fincadas na tecnologia criativa. Nesta semana, a R/GA anunciou dez startups para a segunda edição de um programa de aceleração que oferece US$ 120 mil a cada uma das selecionadas. Promovido em parceria com a Techstars, o projeto ajuda empresas embrionárias nas áreas de negócios e branding, inovação de produtos e serviços, marketing e comunicação. Os participantes têm acesso aos mentores da rede global de clientes da agência e, ao final, serão apresentados a investidores, líderes da indústria e convidados durante um evento, em Nova York, que acontecerá em fevereiro de 2015.     CTA-anuário-BANNER-GERAL