Esta página pode utilizar cookies.
Filas em lojas, ações de guerrilha virtual, ameaças de processo por quebra de contrato e fatos bizarros marcaram a chegada do Grand Theft Auto V", um dos games mais caros e o mais esperado de todos os tempos. Por apresentar novidades nada ortodoxas -os personagens poderão fumar maconha medicinal - monopolizou as mensagens e conteúdos nas redes sociais gerando buzz e muita mídia espontânea para a Rockstar que detém os direitos da marca, em uma ação promocional que deve entrar para história. [caption id="attachment_328052" align="aligncenter" width="560"] Fãs vão à loucura com a chegada do game GTA V (Foto: Divulgação Rockstar).[/caption] Fatos Bizarros e Excessos no Dia do Lançamento Logo na terça-feira (17/09), dia do lançamento na Europa e EUA, dois fatos que pareciam ter saído de dentro do game ganharam espaço na mídia. Em Londres, no Reino Unido, um homem de 23 anos de idade levou uma tijolada e depois foi esfaqueado por um assaltante que, ansioso por visitar Los Santos, a cidade fictícia do game, roubou a cópia do jogo. A vítima passou a noite na fila em uma loja para comprar o jogo no primeiro minuto do início das vendas. Muitas lojas do Reino Unido abriram à meia-noite para vender o game. Após pegá-lo, ele foi caminhando para casa quando foi abordado pelo criminoso.  [caption id="attachment_328060" align="aligncenter" width="560"] Loja Game Stop onde fãs disfarçados de policiais "furaram a fila".[/caption] Em Nova York, nos Estados Unidos, três homens – sendo um deles membro-auxiliar da corporação e outro filho de um agente aposentado – se disfarçaram de policiais para obter cópias do jogo GTA V sem precisar entrar na fila, de acordo com informações do site Silive. Segundo a polícia verdadeira, eles chegaram a um shopping em Staten Island com um carro da polícia comprado em um leilão, pouco antes das lojas de games abrirem para a compra do jogo, perto da meia noite de terça-feira (17/09). O trio mostrou identificações policiais – uma delas falsificada - exigindo que entrassem à frente da fila formada em uma loja da GameStop. O segurança do shopping ofereceu café para os três e o gerente da loja ainda os agradeceu pelo reforço na segurança.  Depois de comprarem cópias do GTA V os três foram embora, mas foram descobertos por um policial à paisana ao fazerem uma conversão errada. Os três foram autuados por falsidade ideológica e podem pegar prisão de até um ano. A divulgação destas práticas levou mais lojistas a cometerem excessos. Uma loja da Austrália resolvieu dar um passo adiante e ofereceu, como brinde, cocaína falsa para os compradores do game, de acordo com o "Elite Daily". No país da Oceania, o polêmico jogo recebeu classificação "para maiores de 18 anos". [caption id="attachment_328484" align="aligncenter" width="435"] Cocaína falsa promove GTA V na Austrália. Foto by Jalopnik[/caption] A imagem de um vendedor preparando o brinde foi publicada no Reddit e logo ganhou outras redes sociais. Para muitos internautas, tratou-se de uma promoção "bastante infeliz". Para outros, apenas uma brincadeira condizente com o caráter do jogo. Estes torcem para que o vendedor não seja demitido. Quebra de Contrato Já no dia 18/09, a Rockstar declarou que pretende investigar e “ir atrás” dos responsáveis pelo vazamento de Grand Theft Auto 5 tanto nas lojas, quanto na internet. O caso começou quando, além do mapa inteiro do jogo ter surgido na rede, foram também registrados novos vídeos de gameplay do game, assim como screenshots com inúmeros spoilers do enredo.   É que para fazer um lançamento em escala mundial, a Rockstar teve que distribuir antecipadamente os DVD´s, o que gerou o vazamento e versões piratas do jogo que caíram na internet para serem baixadas por qualquer um. Habib´s Pegou Carona Já no dia 19/09, quando GTA V foi lançado no Brasil, o Habib´s aproveitou o buzz gerado pelo lançamento e lançou no Facebook o postGrande Tentação Árabe” - um trocadilho da rede de fast-food com a capa do novo jogo. Segundo a Take Two Interactive Software, o jogo, que tem 100 horas de game play, foi desenvolvido ao custo de R$ 266 milhões, e rendeu, só nestes primeiros dias, US$ 1 bilhão  e tem previsão de arrecadar US$ 2,5 bilhão até março de 2014. Com isso, no acumulado de 2013, as ações da Take-Two registram uma valorização de  51% e alcançaram alta de 5,3% na máxima desta quinta-feira (19/9) na bolsa americana Nasdaq, valendo 18,20 dólares.