Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2012/05/artesanato1.jpeg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Se o slogan da Feira Literária do Tocantins (Flit) 2012 é “Sustentabilidade: preservar para não faltar”, nada mais pertinente do que o evento promover ações ecologicamente corretas. Por isto, durante a edição Porto Nacional, a feira ofereceu a oficina “Reciclagem e sustentabilidade”, na qual os inscritos aprenderam a criar produtos artesanais a partir da utilização de materiais recicláveis, como papelão, jornal, garrafas pet, dentre outros. Responsável pela oficina, a professora da Apae de Porto, Vita Fernandes Brito explicou que a atividade tem diversos objetivos, dependendo do público atendido. “A proposta da oficina é promover a conscientização de como determinados materiais podem ser reutilizados, ajudando na conservação da natureza e transformando o lixo em luxo. Com os alunos apaeanos, nós trabalhamos o desenvolvimento cognitivo e motor, além dos produtos ajudarem com os recursos da escola ao serem comercializados, contribuindo na aquisição de alimentos e materiais pedagógicos, por exemplo. Já para os demais alunos, além da arte em si, o aprendizado pode servir para que ele se torne um multiplicador ou até mesmo para que eles consigam obter um meio criativo de obtenção de renda alternativa”, contou Vita Brito, exaltando, também, a coordenação da oficina por parte das professoras Maria Erlita de Sousa Amaral, Irisnalva Barbosa Lima dos Santos e Jandira Celestino da Silva. Dentre os produtos criados, estão cestos, baús, porta-trecos, bandejas, banquetas. Professor de artes na Escola Estadual Tenente Salvador Ribeiro, do município de Santa Rosa do Tocantins, Tercino Pinto Belém era um dos mais empenhados da turma. “O artesanato a partir da reciclagem tem um importante papel na sustentabilidade, pois age na sensibilização eco-ambiental dos alunos. Todo professor passa por um processo de ensino-aprendizagem, pois ele não detém todos os conhecimentos; por isto é importante aprender coisas novas para passar para a turma ao mesmo tempo em que ensina o que já sabe. Além disto, esta atividade é terapêutica e pode virar uma atividade econômica paralela para a família, pois é simples de ser feita e as peças montadas ficam muito bonitas”, afirmou o professor. Fonte:Surgiu