Esta página pode utilizar cookies.

Duas partidas de futebol parece que não agradaram a população de Mato Grosso e aos turistas que virão para o Estado no período da Copa do Mundo. Os jogos Rússia e Coreia do Sul e Nigéria e Bósnia terão suas arquibancadas lotadas por estudantes de escolas públicas, para que o Estado não passe vergonha de sediar os jogos com a Arena Pantanal vazia. Os ingressos foram distribuídos pela Federação Internacional de Futebol e Associados – Fifa – repete a cena já vista na África do Sul, em 2010, onde foram distribuídos ingressos.

Foto: Reprodução.
  Os ingressos foram disponibilizados para beneficiar alunos de escolas participantes do Programa Mais Educação. Foram 50 mil ingressos distribuídos. Além disso, as comunidades indígenas vinculadas à Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Comitê Intertribal também irão receber ingressos. As unidades exatas para os povos indígenas não foram divulgadas. Curitiba é a cidade que vai receber mais ingressos, 7.808 entradas. Em seguida estão Fortaleza (7.496), Cuiabá (7.306), Porto Alegre (6.056), Recife (5.854), Salvador (4.008), Natal (2.906), Belo Horizonte (2.304), São Paulo (2.238), Manaus (1.902), Brasília (1.564) e Rio de Janeiro (558). Em Cuiabá foram 110 escolas Estaduais e Municipais sorteadas e vão informar os alunos que receberam ingressos, para que a lista com os beneficiados e os respectivos jogos seja divulgada publicamente antes do início da Copa do Mundo. O número exato para os indígenas não foram divulgados.