Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2014/05/caminhao-museu-exposicao-sentimentos-da-terra.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

As origens da ocupação fundiária e os personagens e acontecimentos relacionados à questão agrária no Brasil. Esses são os temas da exposição Sentimentos da Terra, levada pelo Caminhão Museu, e que fica aberta à visitação pública no bairro Stella Maris, em Salvador (BA), entre os dias 19 e 21/05. A mostra é uma das atrações do Encontro Nacional dos Colegiados Territoriais (EnRede), promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário. A proposta é apresentar aos visitantes do evento uma parte da história de nosso País que ainda é pouco conhecida e debatida, apesar de importante para a compreensão da formação social, cultural e econômica brasileira.

Foto: Bruno Figueiredo/Odin.
[caption id="attachment_396791" align="aligncenter" width="562"] O Caminhão Museu apresenta a exposição "Sentimentos da Terra" em Salvador.[/caption]   A exposição é itinerante e fruto de parceria entre a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural (Nead/MDA) “A Sentimentos da Terra é uma oportunidade para discutirmos a questão da importância e atualidade da reforma agrária no Brasil, para divulgar versões muitas vezes não conhecidas da história e contribuir para a difusão do conhecimento e consolidação da democracia”, ressalta Guilherme Abrahão, diretor do Nead. Narrativas do Rural A exposição é interativa e oferece os conteúdos de forma lúdica. Um exemplo é a "Tenda de Caracterização", onde é possível vestir figurinos de época para tirar fotos em frente a painéis temáticos. Quem passar por lá pode se transformar em um barão do café, padre jesuíta ou cangaceiro. Ou personagens como Chica da Silva e Antônio Conselheiro. No "Espaço da Imaginação" podem ser consultadas publicações sobre desenvolvimento rural e livros de arte relacionados à temática, e, também, ter acesso a computadores e internet. Grandes painéis ainda narram a trajetória de personalidades envolvidas com a questão agrária brasileira, como Chico Mendes, Leonel Brizola e Euclides da Cunha. O Caminhão Museu também tem duas salas de cinema, com 11 documentários feitos com recursos de animação em computação gráfica, que utilizam pinturas, fotografias, gravuras, ilustrações e documentos em sua composição. Os vídeos são narrados por importantes nomes da cultura brasileira, como Chico Buarque, Gilberto Gil, Letícia Sabatella, Maria Bethânia e Wagner Moura. A projeção é feita no chão e em uma tela que ocupa a lateral do veículo.