Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2014/04/copa-do-mundo-de-14_foto_reproducao.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

A atmosfera da Terra vai ser bombardeada por Gases de Efeito Estufa (GEE) na Copa do Mundo de 14. Para compensar parte das emissões, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) lançou chamada pública para o setor privado doar créditos de carbono. O edital ficará aberto até 18/07. Poderão aderir à iniciativa empresas detentoras de Reduções Certificadas de Emissões (RCEs) de projetos brasileiros do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). Em contrapartida, as companhias receberão o selo de sustentabilidade "Baixo Carbono" e seus nomes aparecerão em relatórios do projeto e serão publicados como doadores oficiais de créditos de carbono da Copa.

Foto: Divulgação.
[caption id="attachment_393595" align="aligncenter" width="533"] Companhias receberão selo de sustentabilidade "Baixo Carbono" e nomes serão publicados como doadores oficiais de créditos de carbono da Copa.[/caption] De acordo com a Fifa, a Copa de 14 vai emitir 2,72 milhões de toneladas de CO2 na atmosfera, o que equivale à poluição de 560 mil carros em um ano, e representa um milhão de toneladas a mais do que o que foi lançado na atmosfera durante a Copa de 2010. As viagens aéreas para deslocamento de jogadores e torcedores serão responsáveis pela maior parte dessas emissões. Também entram na conta a construção e reforma dos estádios, o gasto de energia e a destinação de resíduos sólidos gerados nos locais dos jogos.