Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2010/12/barcelona_cruyff-e1292375097295.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Ex-ídolo do Barcelona, o holandês Johan Cruyff criticou o atual presidente do clube, Sandro Rossell, pela decisão de aceitar estampar um novo patrocínio na camisa do time, vindo de um contrato milionário com a Qatar Foundation. Para ele, o acordo não era necessário, pois com ele o clube só conseguiria pagar uma pequena parte de sua dívida, que ultrapassa os 440 milhões de euros.

[caption id="attachment_87191" align="aligncenter" width="580" caption="Barcelona rompeu tradição e receberá para estampar patrocínio em sua camisa (Foto: Reuters)."][/caption]

O time catalão realizou um acordo em que receberá 30 milhões de euros por temporada durante cinco anos, em cifras que superaram os valores acordados pelos patrocínios do rival Real Madrid. A medida, no entanto, não agradou Cruyff, que acha que o time deveria manter apenas a marca da Unicef pelo caráter beneficente da publicidade. [caption id="attachment_87189" align="alignleft" width="171" caption="Johan Cruyff"][/caption] "É um clube único no mundo, ninguém manteve sua camisa intacta por toda sua história. E você vai trocar isso por um acordo que irá cobrir apenas seis ou sete por cento de seu orçamento?", reclamou o lendário ex-jogador de Barcelona, Ajax e Seleção Holandesa, que seguiu criticando a medida. "Entendo que assim você só perde uma característica singular do clube, dá um grande passo atrás, passa a ser vulgar como todos. Vendendo a camisa, eles mostram que são muito pouco criativos", reclamou, ironizando Rossell ao comentar o acordo com a atual marca que estampa a camisa do time, o Unicef. "O que o Barcelona paga para estampar o logo do Unicef na sua camisa? Um milhão e meio (de euros) por ano? Se estão tão mal das pernas, retirem esse também. Fora Unicef, fora todos os valores que isso representa e esqueça do laço que está tentando fazer entre sua camisa e os fãs", repreendeu. Concordam com Cruyff? Comentem. Fonte: Portal Terra.