Esta página pode utilizar cookies.

O Centro-Oeste e Nordeste brasileiro e a Argentina integram os novos planos de expansão da Bourbon Hotéis & Resorts. "Temos seis contratos de novas aberturas em negociação. Vamos priorizar o segmento corporativo", anunciou Ricardo Aly, diretor de Vendas e Marketing da Bourbon.

De acordo com Aly, a proposta é interiorizar e capilarizar a marca Bourbon pelo País. "Já estamos consolidados no Sul e Sudeste. Chegou o momento de ampliarmos nossa atuação", comentou o diretor, mencionando que a Copa do Mundo de 2014 não influencia o planejamento da rede para o futuro. "Acreditamos que não vale a pena realizar um grande investimento hoteleiro por conta de um evento. A Copa contribuiria com, no máximo, 15 dias de ocupação para nossos empreendimentos", explicou Ricardo Aly. A próxima abertura já está programada. O Bourbon Conmebol Convention Hotel, o primeiro da Bourbon em território internacional e situado em Assunção (Paraguai), tem a inauguração prevista para o primeiro semestre deste ano. "Estamos na fase de ajustes para definir a data certa de abertura. Além disso, começamos o processo de recrutamento dos colaboradores. Toda a gerência e equipe também está sendo selecionada", destacou Ricardo Aly. Todos os funcionários do Bourbon Conmebol serão locais. O empreendimento terá 163 apartamentos e contará com um centro de convenções com capacidade para mais de 3.200 pessoas. Além de responsável pelos eventos do Centro de Convenções da Conmebol, a Bourbon Hotéis irá investir mais forte em campanhas voltadas para o segmento de eventos e grupos. Segundo Karen Tookuni, gerente de Marketing da rede, o plano de publicidade está sendo finalizado e terá, inclusive, um orçamento maior ao captado em 2010. "Nossa ideia é realizar ações de marketing na área digital, mídias sociais e e-commerce", disse a executiva. Ela adiantou ainda que a rede participará do calendário de feiras nacionais e internacionais como a BTL. Resultados Embora não tenha os números finais do grupo em 2010, Ricardo Aly adiantou que o saldo é positivo. No segmento de eventos, por exemplo, o Bourbon registrou um reaquecimento, ficando 35% acima do ano anterior. "No setor corporativo devemos fechar com uma ocupação média de 78%, principalmente nas unidades do Bourbon Ibirapuera e no Bourbon São Paulo", comentou. Os resultados finais de 2010 serão divulgados na semana que vem. Fonte: http://www.mercadoeeventos.com.br/script