Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2013/05/marca-festival-de-beliscos.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

A partir de agora, os frequentadores do Belisquê Arte Chopp irão saborear o novo cardápio da casa. Além de quatro novos beliscos desenvolvidos pelo chef André Barros, duas outras referências da gastronomia goiana formam convidadas para incrementar o menu renovado  para rechear o happy hour dos goianienses: as chefs Tatiana Mendes e Edvânia Nogueira. “A cozinha é um lugar de interação, e, com este intercâmbio, ganhamos todos: nós, que temos prazer em cozinhar, e o público que aprecia os sabores”, comenta o chef André Barros que, aliás, mais uma vez surpreenderá o público com suas receitas com traço de brasilidade compostas por misturas inesperadas. [caption id="attachment_288909" align="aligncenter" width="387"] Chef Andre Barros.[/caption] Tatiana Mendes, além de chef de cozinha, é professora de gastronomia e é autora do blog “Em Busca da Garfada Perfeita”, onde conta as viagens que faz para conhecer novos sabores e trazer referências para seus pratos. No Festival de Beliscos, entrará em cena com a “Polenta com Ragu de Costelinha de Porco”, um prato com inspiração nas origens da autora e que vai bem com a estação que chega. “Mais uma vez, estou apresentando aos goianos a polenta, que é muito apreciada por sulistas como eu”, disse. Já Edvânia Nogueira, referência em gastronomia portuguesa, separou tomates, pimentões assados e bacalhau para compor o belisco batizado como “Trilogia Portuguesa, criado especialmente para o Festival de Beliscos Belisquê. A ideia de promover esse mix surgiu da paixão do goianiense pelo happy hour e como um presente da casa ao público, que deu ao Belisquê o título de “Melhor Happy Hour”, segundo a Revista Veja Goiânia Comer & Beber. “Este título nos lisonjeia e também aumenta nosso compromisso em continuar inovando para agradar os frequentadores”, explicou um dos sócios do bar, Ricardo Teixeira.