Esta página pode utilizar cookies.

O edital dessa concorrência foi lançado pela primeira vez em agosto do ano passado, mas acabou suspenso um mês depois. Em julho deste ano, a prefeitura reabriu o processo.

Após ter reaberto o edital para selecionar uma empresa responsável por prestar serviços de publicidade no ambiente digital, a Prefeitura de São Paulo realizou a abertura dos envelopes dos interessados na verba de R$ 6,8 milhões,válida por um período de 12 meses.

Seis empresas enviaram suas propostas para a concorrência: Fator F; Partners Comunicação Integrada; o consórcio formado pela IComunicação junto à Faros Tecnologia; Octopus; Loures Comunicação e ZKZ Publicidade.

As propostas técnicas de cada uma serão analisadas pela comissão responsável pelo edital.

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, o objetivo é selecionar uma agência para executar serviços de planejamento, desenvolvimento e execuções de solução de comunicação digital.

No briefing, a administração municipal pediu como exercício criativo para as agências interessadas a elaboração de um plano de comunicação que tenha como propósito utilizar os meios digitais para tentar difundir entre a população comportamentos e posturas de maior segurança nos dias e períodos de chuva, tentando, dessa forma, prevenir e amenizar as eventuais tragédias e transtornos que podem acontecer nessas situações.