Esta página pode utilizar cookies.

A Engenhonovo Publicidade é a agência responsável pelo planejamento estratégico de Comunicação do Campeonato Africano das Nações 2010 que encerra amanhã (31/01), em quatro cidades de Angola. Ao longo do último ano e meio a equipe da agência baiana no País africano produziu várias campanhas alusivas ao evento: de mobilização, cívica, de prestação de contas, de boas-vindas.

O trabalho da agência brasileira foi complexo e incluiu consultoria e a disponibilidade de três especialistas, que se integraram ao Comitê  Organizador da CAN (Cocan) para orientar e desenvolver ações para a organização da Copa. A agência foi responsável ainda pela concepção, planejamento e desenvolvimento das demandas de comunicação do Cocan, de informativos, regulamentos, relatórios,  ações promocionais, brindes, sinalização e merchandising. Além do conceito gráfico e estético que identifica as peças da competição, a equipe Engenhonovo apostou na mobilização e sensibilização da população angolana para a competição conduzida pela Confederação Africana de Futebol (CAF) e que integra o calendário oficial da Fifa. Entre as peças destacam-se as que ressaltam as políticas governamentais de investimento em  infra-estrutura, que garantiram condições para a realização do CAN.

Ao longo do ano passado, ações como jogos de futebol foram realizados para atrair a atenção para o esporte e para elevar a moral da seleção angolana.  A campanha circulou em web sites e revistas, num primeiro momento, e partiu para inserções em mídia alternativa; outoors e anúncios para jornais também foram amplamente usados. O símbolo da Copa, uma palanca negra (animal nativo do país) dando um chute em uma bola,  foi escolhido em concurso público organizado pelo Cocan e também foi divulgado pela agência baiana.