Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/wp-content/uploads/2013/04/dia-do-artista-pintor1.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Difícil precisar quando surgiu a profissão de pintor, mas a verdade é que desde a Idade da Pedra o homem já desenvolvia os princípios do ofício. Dentro das cavernas, eles esboçavam ações de seu cotidiano, e nas paredes, com o uso de tintas extraídas de frutos, ovos de aves e até do sangue de animais. Já na arte barroca, os artistas retratavam o dinamismo social que, na época, acompanhava a transição do poder das mãos da nobreza para o da burguesia. Todas as pinturas tinham como características a composição na diagonal, acentuado contraste entre os tons claros e escuros e a predominância das cores. Eles usavam todos os recursos na tentativa de reproduzir fielmente a sociedade da época. O pintor transforma em poesia o retrato de seu tempo. Exatamente por esse aspecto histórico da pintura, vários estudiosos (historiadores, inclusive) utilizam-se de quadros de artista das épocas que são seu objeto de análise. A data da comemoração foi escolhida em homenagem ao pintor José Ferraz de Almeida Júnior, lembrando o seu nascimento em Itú-SP, no dia 08/05 de 1851. Almeida Júnior estudou na Academia Imperial de Belas-Artes, onde foi aluno de Júlio Le Chevrel e de Vítor Meireles.