Esta página pode utilizar cookies.
Warning (2): getimagesize(/uploads/2016/05/images/messi-huawei.jpg): failed to open stream: No such file or directory [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 44]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Warning (2): Division by zero [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]
Notice (8): Trying to access array offset on value of type bool [ROOT/plugins/Amp/src/Template/Categoria/conteudo.ctp, line 46]

Além de James Rodríguez, a empresa chinesa Huawei quer ter Lionel Messi em seu time de embaixadores. A companhia de telecomunicações prepara uma proposta de 5 a 6 milhões de euros pelo argentino, que já possui acordo com a rival Samsung. Com o possível novo reforço, os chineses buscam expandir mundialmente a marca.

Caso acerte com a nova parceira, o melhor jogador do mundo aumentará ainda mais a sua vantagem para os outros atletas no ranking da receita total de patrocínio. Atualmente, com mais de 15 contratos globais, o argentino arrecada 102 milhões de euros por temporada, deixando para trás nomes como dos tenistas Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic, e do arquirrival Cristiano Ronaldo, que aparece na quinta posição.

A negociação mostra como o futebol vem se tornando popular na China. Com os clubes investindo cada vez mais na contratação de jogadores renomados, agora é a vez das empresas perceberem o potencial mundial que estes atletas podem ter.