Esta página pode utilizar cookies.

A supertemporada 2018-2019 do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC) retorna no próximo fim de semana na Inglaterra para a disputa da 6h de Silverstone.

Cerca de dois meses se passaram desde a grande festa realizada em Le Mans, quando a 24h mais famosas do mundo coroaram a Toyota com a sua tão sonhada vitória. Agora, a luta por mais uma conquista será na não menos famosa pista com 5,901 km de extensão e 18 curvas, tendo 34 carros divididos nas categorias LMP1, LMP2, LMGTE Pro e LMGTE Am.

Entre todos os competidores dos 23 times confirmados, 90 pilotos estarão em disputa de 26 países diferentes, e, entre eles, os brasileiros Bruno Senna, na categoria LMP1, assim como seu companheiro de equipe, Gustavo de Menezes. Na LMP2, André Negrão é o representante do automobilismo nacional, e, na LMGTE Pro, Augusto Farfus. Todos os pilotos com chances de vitória nas suas respectivas classes.

Com a expectativa de uma grande disputa pela frente, Nicholas Duduch, CEO da N/Duduch Motorsports, empresa responsável pela organização e promoção da 6 Horas de São Paulo, fala: “No próximo fim de semana vamos acompanhar mais uma corrida do Campeonato Mundial de Endurance. Enquanto trabalhamos aqui no Brasil para fazer um grande evento em São Paulo para a próxima temporada, vamos ficar torcendo pelos nossos representantes brasileiros na disputa em pista.”

Brasileiros

Bruno Senna, piloto da categoria LMP1 na equipe Rebellion Racing, Carro Rebellion R13 - Gibson #1 ao lado de André Lotterer e Neel Jani.

“Estamos muito animados depois do intervalo desde a disputa em Le Mans. Fizemos alguns testes, recebemos um reforço do equilíbrio de desempenho em relação à Toyota e nosso conjunto estará mais forte. Os testes com o novo kit aerodinâmico mais forte foram positivos. Claro que ainda estamos um pouco abaixo dos carros da Toyota, mas acredito que estamos muito mais próximos agora e estamos animados por isso. Não vejo a hora de acelerar novamente no carro que está mais divertido de pilotar e acredito em uma competição mais forte, e, tomara, com chance de brigar pela vitória.”, comenta Bruno.

André Negrão, piloto da categoria LMP2 na equipe Signatech Alpine Matmut, Carro Alpine A470 – Gibson #36 ao lado de Nicolas Lapierre e Pierre Thiriet.

“A expectativa é sempre boa. Estamos muito bem colocados, primeiro no campeonato, e por isso estamos animados. O carro está bem, tivemos atualizações e eu vim me preparando de kart durante este intervalo desde a última etapa. Silverstone é uma corrida que exige bastante dos carros e dos pilotos por ser de alta velocidade, além de ter um traçado difícil. Normalmente chove muito, o que altera as coisas, mas a previsão que temos é boa, embora só tenhamos certeza apenas dias antes da disputa. Vamos brigar pela vitória e tentar manter a liderança do campeonato. Estamos todos motivados pelo sucesso em Le Mans e estou contente esperando sempre o melhor.”, declara Negrão.

Augusto Farfus, piloto da categoria LMGTE Pro na equipe BMW Team Mtek, Carro BMW M8 GTE #82 ao lado de Antonio Felix da Costa.

“Silverstone vai ser a minha primeira corrida com seis horas de duração já que pulei Spa. Depois da nossa experiência nas corridas passadas criamos uma equipe ainda mais coesa e com melhor entendimento do carro. Silverstone é uma pista que o nosso equipamento vai se adaptar melhor, mesmo que o equilíbrio com os outros competidores não seja muito bom ainda, mas acredito que teremos chance de buscar um bom resultado nesta pista tão importante.”, completa Augusto.

Programação (horários de Brasília):

Sexta-feira (17 de agosto)

08h15 até 09h45: Treino livre 1.
12h25 até 13h55: Treino livre 2.

Sábado (18 de agosto)

05h00 até 06h00: Treino livre 3.
08h00 até 08h20: Classificação (LMGTE Pro e LMGTE Am).
08h25 até 08h45: Classificação (LMP1 e LMP2).

Domingo (19 de agosto)

08h00: Largada das 6 Horas de Silverstone.