Empresa cancela contas de supremacistas brancos que pretendiam se hospedar em Charlottesville, colocando em prática compromisso assumido em comercial.

Ao negar hospedagem para neo-nazistas, Airbnb prova que é a mais engajada das startups

14/08/2017

Quando as marcas se posicionam em campanhas e manifestos, muitas vezes questionamos a honestidade por trás do discurso. Estariam realmente colocando o que dizem em prática ou estão apenas surfando no momento?

O Airbnb, por exemplo, veiculou um comercial no Super Bowl este ano com uma mensagem de inclusão, atacando diretamente a política xenófoba em voga nos Estados Unidos.

Poderia ser só mais um texto bem escrito, mas a empresa vem provando consistentemente que vai fazer valer sua crença na igualdade, como ao colaborar para condenação de uma anfitriã que fez comentários racistas como justificativa para cancelar uma reserva. Porém, o embate foi mais direto e delicado na última sexta, 11 de agosto.


Fonte:: Assessoria