Pantene cria rede de salões seguros para pessoas trans

25/11/2019


Projeto recrutou salões e profissionais que receberão recursos e treinamento ssobre como criar espaços confortáveis para clientes LGBTQ+.

A Pantene, marca pertencente à P&G, criou uma rede de salões seguros para pessoas trans. O projeto desenvolvido em parceria com o Dresscode Project pretende mudar a maneira como as pessoas trans experimentam uma visita a um salão, já que muitas vezes essas experiências são preconceituosas e traumáticas.

Confira as últimas novidades do varejo aqui.

Leia também: Integer\OutPromo assina a campanha de Pantene no Outubro Rosa.

De acordo com uma pesquisa citada pela marca, 93% das pessoas trans do Reino Unido já foram maltratadas durante uma visita a um salão, com 27% dizendo que isso aconteceu mais de uma vez.

Além disso, 29% das pessoas trans relatam sentir-se estressadas toda vez que visitam um salão de cabeleireiro, e 24% se sentem ansiosas por isso.

A partir desses dados, e respondendo a um estudo da Universidade de Yale, que apontou como o cabelo é fator essencial para a autoestima, a Pantende lança a rede de salões especiais em todo o mundo, onde pessoas trans e não-binárias podem se sentir seguras.

Os clientes podem fazer uma pesquisa on-line para encontrar os salões mais próximos e que são membros do projeto.

Para divulgar a criação, a Pantene convidou o embaixador do Power Squad e influenciador trans, Paris Lees, além de um coletivo de outras figuras da comunidade trans, incluindo Angela Ponce, Travis Alabanza e Lea T.

Fonte: Redação.

TAGs: diversidade inclusão lgbtq+ pantene