Cliente bom, agência boa

02/08/2018


Não, não serve para todos os casos, são. Muitas agências são ótimas e mesmo com clientes ruins conseguem entregar grandes trabalhos. Também existem clientes maravilhosos que mesmo com agências de pouca entrava conseguem marcar muitos gols. Mas não é esse o padrão do mercado.

Clique e assista a live do João Riva sobre este conteúdo

Clientes bons fazem agências atuar melhor, e disso não tenho dúvida. Cliente organizado, criativo, a fim de fazer o projeto acontecer, pau para toda obra. Cliente parceiro, mesmo. Que entende que a sua agência não é fornecedora, mas da sua equipe de trabalho.

Atuando há mais de 15 anos com Live Marketing, acredito que já tive todos os tipos de clientes. Com alguns a parceria foi tão grande, que gols eram feitos diariamente - isso acontece hoje ainda, graças a Deus. Mas também já tive clientes que estavam ali por estar. Bagunçados, não motivados e esperando dar 18h pra largar a caneta. Com eles até existiam gols, mas nada daqueles que ficam pra história do time.

Trabalhamos com algo muita valioso: mensagens. Transmitimos mensagens através de campanhas de live marketing, eventos, promoções de vendas e ativações promocionais. Mensagens que funcionam são aquelas criativas, mas também completas. E pra isso, mais que uma agência, precisamos de uma agência e um cliente.

Quando sou impactado por uma campanha ousada e brilhante, tento me informar quem foi a agência e o cliente. Afinal, aprovar campanhas assim é também motivo de mérito. Nem todos querem fugir do arroz com feijão.

Clientes são fundamentais para o nosso mercado. São eles que fazem as agências acontecerem. São eles que investem neste segmento. São eles que, quando abraçam uma agência e uma campanha, marcam gol junto.

Que tenhamos cada vez mais clientes parceiros. Que cada vez mais as agência saibam retribuir esta parceria.

João Riva escreve coluna quinzenal no Promoview