Nova rota de peregrinação leva devotos ao Cristo Redentor

31/03/2019


Responsável pelo projeto, o padre polonês Cristóvão Sopick explica que o trajeto, que tem apoio da Arquidiocese do Rio de Janeiro, também poderá ser realizado a pé. Neste caso, fiéis vão caminhar por 16 dias.

O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, será o destino de um grupo de peregrinos católicos que sairá do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, no Interior de São Paulo, no dia 6 de abril.

Mais sobre turismo no Brasil e no Exterior aqui.

Leia também: Turismo Religioso em debate no Salão Paranaense.

Os devotos pretendem inaugurar a rota de peregrinação, que tem quase 500 quilômetros e passa por 21 municípios, de bicicleta. A previsão é chegar à Capital carioca sete dias depois, em 13 de abril.

A rota, que prevê a celebração de missas a cada parada, percorre os mesmos lugares do percurso que liga uma igreja na Zona Oeste do Rio ao Santuário de Aparecida.

Ciclista profissional, o padre já participou de competições nacionais e internacionais, sendo quatro vezes campeão brasileiro da MTB 12 Horas por equipe, prova mais tradicional do Brasil na modalidade de mountain bike de longa duração em revezamento.

Para ele, o novo trajeto pode aquecer a economia de municípios do Interior: “Existe a possibilidade de transformar casarões e fazendas abandonados em albergues e pontos de acolhimento de peregrinos e turistas.”

De braços abertos sobre a Baía de Guanabara, o Cristo Redentor, localizado no alto do Morro do Corcovado, é um dos pontos turísticos mais procurados do Brasil. Maior e mais famosa escultura art déco do mundo, o Cristo é uma das Sete Maravilhas do mundo moderno.

Do alto, o visual da cidade é estonteante. Além de conhecer o Cristo e sua capela, o visitante pode explorar a Floresta da Tijuca.

Fonte: Redação.

TAGs: