Partage Betim realiza “Cãolônia de Férias”

18/01/2019


Nesse fim de semana, das 10h às 13h, o centro de compras oferecerá, no estacionamento G2, um evento com atividades voltadas para as famílias que têm ou desejam ter animais de estimação.

No sábado, dia 19 de janeiro, o público poderá adotar cães e gatos que atualmente estão sob cuidados do Centro de Zoonoses de Betim. Já no domingo, dia 20, os pets poderão se divertir gratuitamente em uma piscina de bolinhas e em um circuito de agility, que são brincadeiras utilizando obstáculos.

Notícias sobre shopping aqui.

Neste dia, a programação também inclui uma feira de produtos pet em geral, com comidas naturais, vestuário, itens farmacêuticos e serviços, além de um “cãocurso” que premiará os três cãezinhos melhor caracterizados com o tema moda praia. As inscrições serão feitas na hora, sem custos.

O empreendimento tornou-se pet friendly em dezembro do ano passado a fim de tornar o espaço mais democrático e atender àquelas pessoas que consideram os bichinhos verdadeiros membros da família.

Eles podem circular nos corredores, praças de eventos, estacionamento, áreas externas e nas lojas onde houver sinalização que permita a entrada e permanência de animais.

A circulação dos pets não poderá ocorrer no cinema, praça de alimentação, espaço gourmet, cafés, docerias, fraldário, banheiros e espaço família, exceto os cães-guias, conforme a Lei nº 11.126.

Cães de guarda, como é o caso das raças pit bull, pastor alemão, rottweiller, fila, doberman etc., não são permitidos. Também não poderão acessar o empreendimento animais que levem risco aos demais clientes, tais como: cobras, insetos peçonhentos, animais selvagens e silvestres ou outros semelhantes.

Onda pet friendly veio para ficar

O segmento de pets não para de crescer no Brasil. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), já somos o 3º país no mundo a investir e gastar com animais domésticos, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e do Reino Unido.

Em 2017, o faturamento do setor chegou a R$20,3 bilhões no cenário brasileiro e em estrondosos US$119,5 bilhões no mercado mundial.

Pesquisas do Opinion Box mostram, ainda, que para 58,5% dos entrevistados, o fato de o estabelecimento aceitar animais é importante para que eles decidam frequentar ou não um determinado local. E quem não faz, pode perder consumidores: 48% dos donos de pets entrevistados na pesquisa afirmam já ter deixado de frequentar ou de ir a algum lugar porque não aceitava animais.

 

Fonte: Redação.

TAGs: