O RioCeptur, Centro de Estudos do Rio Convention & Visitors Bureau, analisou o perfil dos visitantes que estarão na cidade para o feriado deste Réveillon. De acordo com análise, o mercado nacional vai liderar o ranking de turistas durante o período.

AVERA
 

RioCeptur analisa perfil e receita dos turistas no Réveillon

10/12/2017

O RioCeptur, Centro de Estudos do Rio Convention & Visitors Bureau, analisou o perfil dos visitantes que estarão na cidade para o feriado deste Réveillon. De acordo com análise, o mercado nacional vai liderar o ranking de turistas durante o período.

Os estados de São Paulo e Minas Gerais representarão 53% do fluxo de visitantes brasileiros. Argentina, Estados Unidos e Chile serão os três principais mercados emissores de turistas estrangeiros para a capital fluminense. A permanência média do visitante nacional vai girar em torno de 4,37 dias, e o gasto médio estimado em R$ 165,08 por dia. Já a permanência média do turista internacional será um pouco maior – 5,67 dias, tendo o gasto médio girando em torno de R$ 353,66 por dia.

Dentre os meios de hospedagem, o RioCeptur, em parceria com a Associação Rio Host, verificou que a ocupação dos albergues da cidade deve ficar em 86,7%. Serão mais 13.100 alberguistas previstos. A receita gerada por eles está estimada em R$ 25,7 milhões, sendo R$ 770 mil em Impostos Sobre Serviço (ISS).

O Centro de Estudos do Rio Convention & Visitors Bureau também analisou a movimentação dos cruzeiros no Píer Mauá e ancorados no mar da capital fluminense. Dois navios estarão atracados na região portuária - o italiano Costa Fascinosa e o MSC Poesia, do Panamá. Dos 6.780 passageiros previstos, 5.695 são turistas, excluindo cariocas e tripulação. Apenas os visitantes que desembarcarão na capital fluminense, neste período, devem injetar R$ 5 milhões na economia carioca. Já na costa marítima da cidade estão sendo esperados 13 navios para a hora da virada.

“Os dados mostram que mesmo com a instabilidade econômica do país o brasileiro não deixa de viajar e continua sendo o nosso maior público neste Réveillon. Percebemos um crescimento significativo de visitantes dos países vizinhos, como Argentina, Chile e Colômbia. A nossa expectativa é a de que o mercado internacional cresça ainda mais no próximo ano, já que contaremos com a facilidade do sistema de visto eletrônico em países como Austrália, Estados Unidos, Canadá e Japão”, explica Sonia Chami, presidente do Rio Convention & Visitors Bureau (Rio CVB).

 


Fonte:: Redação