Plano comercial apresentado pela Riotur prevê uma cota máster e outros 12 patrocinadores.

Tony
 

Rio projeta R$ 56 milhões em patrocínio para carnaval 2018

01/09/2017

Ambev, Dream Factory e Uber são as empresas até agora interessadas em patrocinar o carnaval de rua do Rio de Janeiro em 2018. A Riotur, empresa de turismo do município do Rio de Janeiro, realizou na última semana um chamamento público para receber as propostas dos possíveis patrocinadores.

Por enquanto, apenas a Ambev está habilitada a patrocinar a festa. Com uma proposta de R$ 8,1 milhões para adquirir uma das cotas de R$ 8 milhões oferecidas, a companhia cumpriu todos os quesitos da modalidade “oferecimento do carnaval”. 

Parceira nos últimos oito anos do evento, a Dream Factory ofereceu R$ 74.392.949 por um período de três anos, mas, segundo fontes do Meio & Mensagem, sua proposta não deverá ser aceita por não se encaixar no projeto proposto neste momento pela Riotur, que envolve apenas o ano de 2018.

Já a Uber propôs um valor de R$ 10 milhões para patrocinar o carnaval, mas vinculou sua oferta à Lei Rouanet. Como isso também não está previsto no projeto da empresa de turismo do município, provavelmente a marca terá que rever sua proposta para se adequar ao que está sendo pedido pelo chamamento. 

Tanto a oferta da Dream Factory, quanto a da Uber, ainda serão avaliadas pelo departamento jurídico da Riotur. O projeto comercial do carnaval de rua do Rio de Janeiro para 2018 prevê um patrocinador máster, com uma cota de R$ 20 milhões; dois patrocinadores com cotas de R$ 8 milhões; e outros dez com cotas de R$ 2 milhões. 

A Riotur está sendo presidida desde janeiro deste ano por Marcelo Alves, profissional com larga experiência no mercado de eventos, fundador do Grupo Adma Eventos, atual MA Entertainment Rio.


Fonte:: Redação